domingo, 13 de janeiro de 2019

Ex de filho de Bolsonaro: "Nojinho de vagina" e "compensa com foto de arma"...


 
A jornalista Patrícia Lélis acusa o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP-PSL) de ameaça. Ela diz que em 2017, quando, segundo ela, eles haviam acabado de terminar um namoro, os dois brigaram feio por meio de mensagens de celular. Em algumas delas, o filho do agora presidente Jair Bolsonaro teria a chamado de "otária" e "vagabunda", entre outras ofensas. A acusação de Patrícia está sendo analisada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), já que Eduardo é um parlamentar. Ele sempre negou que tenha se relacionado com ela.
A briga entre os dois seguia de maneira mais ou menos silenciosa no STF, até que no domingo passado (dia 6), Patrícia passou a atacar Eduardo pelo Twitter. Desde que terminou o suposto namoro, a jornalista passou por algumas transformações. Entre elas, a de se autodefinir como ativista feminista -- anteriormente, ela foi assessora e líder do núcleo jovem do PSC, antigo partido da família Bolsonaro.


Nesta condição, a de feminista, Patrícia tuitou: "estudem o feminismo para não acabarem com macho de direita que não faz sexo oral porque tem nojinho de vaginas mas acha que compensa isso postando foto segurando arma." Nesta postagem, Patrícia não cita o nome do deputado. Numa próxima, no entanto, respondendo a um tuíte com uma montagem do rosto de Eduardo numa escultura de Davi, feita pelo renascentista Michelangelo, ela escreve: "eu sou o pinto pequeno do filho do Bolsonaro".... 



Em uma das conversas Eduardo mostrou raiva e fez ameaças a ex-namorada. Na época, Eduardo afirmou nas redes sociais que "feminismo é doença".


10 comentários:

  1. FAKE NEWS, agora é tudo pela audiência espalhando até fake news

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se chutar os ovos dos Bolsonaros, quebra os dentes do baba ovo acima kkkkkk

      Excluir
  2. Essa patricinha que é fama. Ela só namora políticos. Ela é uma desoculpada.

    ResponderExcluir
  3. Vem pro negão aqui gostosa que eu te arregaço

    ResponderExcluir
  4. Ela gosta é de inventar mentiras msm

    ResponderExcluir
  5. Fake News e deixe de publicar essas besteiras Carlinhos

    ResponderExcluir
  6. Uma sem importância querendo se aparecer. Deve estar com saudades das regalias e boa vida. Uma oportunista

    ResponderExcluir
  7. Qual e o problema ter o pau pequeno.

    ResponderExcluir
  8. O conteúdo da matéria indica a conduta moral e ética do jornalismo praticado no país. É sabido por todos que essa Patrícia Lelis, em busca de fama ou sei lá o quê, já acusou várias pessoas famosas sem provas. Em um dos casos, ela foi desmascarada e está sendo processada, fato notório de conhecimento público. Portanto, diante desse fato, a publicação dessa matéria é falta de conhecimento, ou é jornalismo partidário.

    ResponderExcluir