sábado, 12 de janeiro de 2019

Mulher nega ter sido agredida pelo marido mesmo com denúncias da vizinhança em Pedreiras

Resultado de imagem para violência doméstica

Na última quarta-feira (10), mais um suposto caso de Maria da Penha foi registrado em Pedreiras. O fato ocorreu no Parque Henrique Oliveira e não houve condução. 


No dia da ocorrência, vizinhos relataram que ouviram agressões e gritaria na residência de um casal. Preocupados, solicitaram o 19º Batalhão da PM de Pedreiras para atender o problema. A denúncia recebida na delegacia dizia de maneira clara que o homem tentava agredir sua companheira. 

Quando a guarnição comandada pelo Cabo Evaldo chegou no local, tudo parecia bastante tranquilo. O suspeito de agredir a esposa atendeu normalmente aos policiais. Quando questionado sobre a mulher, ele simplesmente levou os soldados até onde ela, que no momento estava deitada na rede acessando o aplicativo Whatsapp. 

Durante toda a abordagem, os policiais tiveram total permissão do homem para fazer perguntas e verem a casa. Perguntada se estava sendo agredida, a mesma negou. 

Apesar da tranquilidade aparente do caso, a polícia orienta a população a sempre ficar alerta com esse tipo de ocorrência, pois muitas mulheres ainda têm medo de denunciar seus companheiros.

2 comentários:

  1. Esse cara que batem em mulher é porque tem o bilau pequenininho ou não levanta mais.

    ResponderExcluir
  2. Esse final de ano foi movimentado para a polícia e o Judiciário. O numero de mulher que sofre com violência doméstica é assustador. Em outros estados a violência chegou a homicídio ou feminicidio. É muita violência. Vamos cuidar de nossas mulheres.

    ResponderExcluir