sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Pedreiras e Trizidela do Vale registram três casos de assalto num só dia

Confira o vídeo do assalto ocorrido na Rua Pinto Saldanha, Centro de Pedreiras

Na última quinta-feira (3), Pedreiras e Trizidela do Vale tiveram momentos ruins com uma onda de assaltos. No dia, foram registrados três casos do tipo, e a polícia acredita na possibilidade de todos os crimes terem sido executados pelos mesmos indivíduos, que apenas trocavam de motocicleta para dificultar a identificação. 

O primeiro caso ocorreu em plena luz do dia, às 2h da tarde, na Rua Pinto Saldanha, centro de Pedreiras. 

No ocorrido, uma mulher que conduzia sua motocicleta foi seguida por meliantes, que fizeram a abordagem com uma faca e puxaram a bolsa da vítima, que continha um aparelho celular e documentos pessoais. O momento foi registrado por uma câmera de vigilância no local. 

O outro fato ocorreu na Rua São Silvestre, localizada no Bairro Matadouro. Ao contrário do caso anterior, os indivíduos aqui usaram uma arma de fogo para roubas os pertences de uma mulher. 

O terceiro crime foi cometido em Trizidela do Vale. Não se tem muitos detalhes, mas sabe-se que também ocorreu no mesmo dia dos outros dois crimes. 

As motocicletas utilizadas foram uma Pop e Fan, ambas de cor preta, além de uma Biz, modelo que raramente é utilizada por assaltantes em crimes desse tipo. 

No momento, ninguém foi identificado ainda. Porém, a polícia já tem experiência em identificar suspeitos de assalto, e está trabalhando para coletar informações sobre os envolvidos. 

8 comentários:

  1. Lugar de vagabundo é numa vala, com um tiro na cabeça

    ResponderExcluir
  2. Bolsonara vai dar um jeito nesses vermes! Gente ruim só a morte resolve!

    ResponderExcluir
  3. Bolsonara vai dar um jeito nesses vermes! Gente ruim só a morte resolve!

    ResponderExcluir
  4. Os problemas com o aumento as taxas de criminalidade,

    A sensação de insegurança em qualquer lugar da região que estejamos,

    As dificuldades relacionadas à reforma das instituições da administração da justiça criminal,

    A superpopulação nos presídios,

    A incapacidade preventiva das instituições destinadas aos jovens infratores, e os altos custos operacionais do sistema carcerário,

    A precariedade dos instrumentos de investigação criminal e das perícias policiais, além da morosidade judicial, entre tantos outros problemas, comprometem o bem estar social, não adianta aumentar o número de PMs e não fizer um trabalho preventivo bem consistente,

    A imagem da segurança em nossa região precisa ser outra...

    ResponderExcluir
  5. Houve um assalto ontem por volta das 14:00 há na Av.zeca Branco no engenho uma dupla na pop preta

    ResponderExcluir
  6. esses vagabundos são do diogo so trocam de moto direto minha vizinha foi vitima deles um dia eles usam arma de fogo e outras vezes arma branca

    ResponderExcluir