sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Rogério do PT comenta a desistência do deputado federal Jean Wyllys do novo mandato

“Como ele é um deputado polêmico, que defende as pessoas do movimento LGBT e os direitos humanos, nessa nova conjuntura de intolerância, de ameaças, o momento hoje é de pânico, as pessoas que defende os direitos humanos e as pessoas do movimento LGBT são ameaçadas constantemente, principalmente pela internet. Tudo pode acontecer, várias vezes ele foi ameaçado; do nada a pessoa que sofre ameaça, no outro dia tá morto, então Jean Willis está passando por uma situação difícil e a mãe dele está em pânico”, disse Rogério do PT.

Vídeo - Entrevista com Rogério do PT

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi reeleito para terceiro mandato e a cerimônia de posse dos deputados está marcada para 1º de fevereiro. A assessoria do parlamentar,porém, informou na quinta-feira (24) que ele não tomará posse para o novo mandato, em decorrência de ameaças que vem sofrendo. Jean Wyllys recebeu 24.295 votos na eleição de outubro. A Secretaria da Câmara informou que o suplente é David Miranda (PSOL-RJ).

Deputado federal Jean Wyllys
Em uma rede social, Jean Wyllys publicou nesta quarta: "Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores. Fizemos muito pelo bem comum. E faremos muito mais quando chegar o novo tempo, não importa que façamos por outros meios! Obrigado a todas e todos vocês, de todo coração. Axé!"

Com objetivo de levar o debate para a nossa região, o blog do Carlinhos conversou com Rogério do PT, um conhecido militante do Partido dos Trabalhadores há mais de 20 anos em Pedreiras. Em uma entrevista gravada na tarde desta sexta (25), no escritório do blog, Rogério lamentou a desistência do deputado, que tem um ativismo importante em prol do movimento LGBT e dos direitos humanos. No entanto, Rogério apoiou a decisão do parlamentar por reconhecer a gravidade das ameaças. Assista a entrevista no vídeo acima.

Mais sobre Jean Wyllys

Homossexual assumido, Jean Wyllys tinha como principais bandeiras pautas relacionadas às causas LGBT e para minorias.

De acordo com a Secretaria-Geral da Câmara, o suplente de Jean Wyllys é o vereador carioca David Miranda (PSOL-RJ).

Mais cedo, nesta quinta, Jean Wyllys concedeu entrevista ao jornal "Folha de S.Paulo" na qual informou que está no exterior e não pretende voltar ao Brasil. Na entrevista, o deputado diz que tem sofrido ameaças de morte.

"O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: 'Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", disse Jean Wyllys à "Folha".

Ainda ao jornal, Jean Wyllys disse que o PSOL, partido ao qual é filiado, reconhece que ele se tornou um "alvo" e apoiou a decisão dele de não retornar ao Brasil.

Ao G1, a assessoria de Jean Wyllys afirmou que há uma campanha "muito pesada" contra o deputado, que dissemina conteúdo falso sobre ele na internet o associando, por exemplo, à pedofilia, ao casamento de adultos com crianças e à mudança de sexo de crianças.

Assassinato de Marielle

De acordo com a assessoria de Jean Wyllys, o volume de ameaças contra o deputado aumentou após o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), em março do ano passado.
Marielle Franco (PSOL-RJ), vereadora assassinada no Rio de Janeiro em 2018
Ainda segundo a assessoria, desde então, o parlamentar precisava andar de carro blindado e com escolta de seguranças armados.

"Aumentou a situação de violência, de seguidores do atual presidente [Jair Bolsonaro] que fazem todo tipo de xingamento e ameaças nas redes sociais. Isso criou uma situação cada vez mais difícil. Antes do assassinato da Marielle, ele já vinha recebendo ameaças muito pesadas, inclusive direcionadas não só a ele, mas também à família. E-mails falando endereço da mãe, endereço da irmã, da família", informou.

De acordo com a assessoria, Jean Wyllys está no exterior, mas o local não será informado por questão de segurança.

Situação 'muito grave' do país

À TV Globo, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, afirmou que a situação do país é "muito grave".

"A situação do país é realmente muito grave, e a gente tem defendido que a resistência democrática no país é necessária. O Jean era e ainda é uma nesse processo de resistência democrática”, afirmou o presidente do PSOL. "A decisão dele é de caráter pessoal", acrescentou.

Juliano disse lamentar a decisão de Jean Wyllys porque o partido preferia que ele continuasse na bancada. Mas ressaltou que o partido compreende e se solidariza com o deputado.
Rogério do PT 

47 comentários:

  1. Graças a Deus. Vai da o cu p lá

    ResponderExcluir
  2. Amigo os comentários nas redes sociais é que ele Jean W. está envolvido no atentado a Bolsonaro, há várias evidências e no início do mês ele perderia a imunidade parlamentar, por isso já fugiu do país...vamos esperar pra ver se procede essa informação, se for verdade virá tudo a tona 😬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, o boato é que ele tá envolvido no caso do Adelio Bispo e em falcatruas envolvendo repasse de dinheiro pra ONG's

      Excluir
  3. Pra que ato mais ilícito do que queimar a rosca seu mané !!!,ele tá com medo é de outra coisa mais grave,já já vem a tona e a justiça vai buscar ele lá onde estiver.

    ResponderExcluir
  4. Pra que ato mais ilícito do que queimar a rosca seu mané !!!,ele tá com medo é de outra coisa mais grave,já já vem a tona e a justiça vai buscar ele lá onde estiver.

    ResponderExcluir
  5. Esse cara aí que nunca foi eleito a nada em Pedreiras quando abre a boca só fala besteira. E a cada eleição os míseros votos dele diminuem! Um eterno candidato oportunista e sem credibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VERDADE MEU AMIGO QUERO SABER AGORA QUE O PT TÁ MORTO SE ELE VAI SE CANDIDATAR SÓ POR AMOR PORUE DINHEIRO NÃO VEM MAIS NÃO VIU SEU ROGERIO

      Excluir
  6. Qualquer um que tenha opinião polêmica será ameaçado, isso é normal, inclusive, pelos seus próprios pares ou classe. Vejam o caso do Adélio Bispo, que quase matou o Bolsonaro, este há muito tempo é ameaçado é continua sendo, nem por isso deixou o país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tá preso otario!

      Excluir
    2. Otário é quem lê e não entende. Analfabeto funcional, o ameaçado é o Presidente Bolsonaro

      Excluir
  7. Jean Willians é um dos deputafos mais ético e coerente do parlamento brasileiro e também é da paz. Poderá vim se vitima como muitos foram nas maos dos milicianos apoiados pelo clã bolsonaro. Clã esse formado pela escória mais fétida qie é o crime por encomenda. A que ponto chegamos um parlamentar nao poder exercer sua cidadania, sua identidade pq além de tudo o proprio estado representado por uma desenbargadora pede a morte de uma cara que muito contribuiu para com um legislativo voltado para o povo e não para os poderosos. A barbárie da ditadura já retornou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você joga no mesmo time dele, o de queima rosca.
      Para defender um imbecil só outro imbecil, igual ou de maior imbecilidade.

      Excluir
    2. falou um alienado imbecil . só não digo um jegue porque o jegue nao merece ser comparado com um comunista.

      Excluir
    3. Esse deve ser um cego petista,
      O que foi de utiu pra sociedade q esse deputado fez???

      Excluir
    4. Induziu muitos jovens a prática homosexual e a virarem gays pra ficarem "modinha" , jovens esses que não tinham o veneno nas veias e justamente por ter sua natureza biologica profanada causando terriveis danos psicológico levando muitos desses jovens a se auto mutilarem e até mesmo recorreram ao suicídio. Isso é o que esse deputado pedofilo fez em seus dois mandatos com essa sua bandeira de causas LGBT.

      Excluir
  8. Quanta falta de inteligência, dar pena, ô bicho burro.

    ResponderExcluir
  9. Rogério mais uma vez parabéns pela sua compreensão, vc é tolerante e amigo e defensor da causa,infelizmente estamos vivendo os anos 1964, ou melhor anos de chumbo, ou seja todos que se rebelatem contra o opressor será perseguido e morto,afinal os milicianos se fortaleceram nesse desgoverno que até agora nao apresentou nenhum projeto que não seja perseguir,ja vai tentar emplacar as reformas que só prejudicarão os pobres e trabalhadores,ate pq os militares que ganham seus super salarios ja estao fora da reforma e ate compondo todo o governo desse lixo. Ele insiste em intrometer-se na Venezuela pq é entreguista e quer a qualquer custo promover uma guerra à nossa vizinha e colocar na linha de frente os brasileiros sob as potencias bélicas como Estados Unidos,China e Rússia,somente no intuito de roubar as riquezas que lá existem ,petróleo, Ilídio e outras riquezas somente para agrafar os Estados Unidos. O povo tem que ir pra rua pedir que esse Busch brasileiro seja retirado ou seremos mortos em uma guerra na qual ñ temos nada a ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkk, tu és um BABACA, um psicopata.
      Esta assistindo muito desenho animado, acorda Alice.

      Excluir
    2. Detectado um queimador de rosca

      Excluir
    3. mais um imbecil, ou será o mesmo.

      Excluir
    4. Vcs tem aver sim
      O Brasil está assim é por causa de petistas como vc!

      Excluir
    5. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    6. Esse comentário ratifica a incompetência generalizada da esquerda brasileira.

      Excluir
  10. Acho que ameaças a quem quer que seja devem ser apuradas. Porém essas conversa de renúncia por medo eu não acredito muito nisso não, acho que tem muito mais coisas por trás desta ideia.

    ResponderExcluir
  11. Vc Rogério do PT e melhor vc lutar por uma causa melhor como brigar por escolas boas para nossas crianças...nao ficar em porta de quintal por assunto sem futuro como vc e esse deputado dois vagabundo que se diz ser políticos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem defende esse tipo de gente, é vagabundo do jeito dele

      Excluir
  12. Como perderia a imunidade se continuaria deputado? Apesar de não compactuar com as ideias dele, acho essa congectura meio sem rumo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. apartir de do dia primeiro de fevereiro não existe mais imunidade parlamentar, é por isso que ele já vazou do país.

      Excluir
  13. Esse Rogério do PT só deve ser gay, cara besta, Jean w não sabe nem quem é esse doido ai

    ResponderExcluir
  14. Intolerante? Até agora só vi os petistas que não aceitam um governante eleito democraticamrnte. Isso sim, é intolerância!!!!

    ResponderExcluir
  15. Um cara muito contraditório esse Jean wyllys, não irá fazer falta alguma nesse país. Já vai tarde!

    ResponderExcluir
  16. Somente um retardado mental pra acreditar que o Jean Wyllys abriu mão do mandato por causa de ameaças. Ele diz que foi ameaçado junto com a família, eu pergunto: a família vai junto com ele? Acho que não. E aí? Se qualquer deputado ou senador for renunciar por causa de ameaça o congresso nacional ficará vazio. Eita justificativa frágil e a repercussão é grande pela mídia contrária.

    ResponderExcluir
  17. Bando de idiotas e analfabetos funcionais são esses que se dizem resistência são na minha opiniao a escória deprimente que não são dignos nem mesmo de serem oposicao

    ResponderExcluir
  18. Bando de idiotas e analfabetos funcionais são esses que se dizem resistência são na minha opiniao a escória deprimente que não são dignos nem mesmo de serem oposicao

    ResponderExcluir
  19. Aí vai uma previsão do motivo da renúncia e da saifa do lixo Jean Wilkes do país. Logo logo será descoberto que ele e o mandante e estar até o pescoço envolvido na tentativa de assassinato do Presidente Bolsonaro e estar fugindo sabendo que e uma questao de tempo chegar até ele nas investigações. Aguardem e verão a profecia do futuro próximo em relação a esse escroto que nem pra comparar a merda não dar porque merda ainda tem utilidade como esterco e ele nem pra isso .

    ResponderExcluir
  20. Esse Rogerio do pt e um verdadeiro ze manè fica defedendo um viado safado !vai procurar outra coisa pra fazer filho da puta !

    ResponderExcluir
  21. Realmente eu nao entendi ate agora o porque desse cara comemorar o fulano e deputado pelo Rio de Janeiro nem conhece ele e muito menos o maranhao.

    ResponderExcluir
  22. Eu acredito que foi jogada política, ele quase não e reeleito, perdeu fôlego representativo, e nãobconsegue engolir a ideia de estar sob o governo Bolsonaro, vai de eixar um suplente que também é gay no seu lugar e vai se vitimizar trazendo mais atencao para si. Lembrem-se que ele foi um ex BBB esse pessoal adora os holofotes.

    ResponderExcluir
  23. A cada comentário seu Rogério.Vc fica mas queimado,defendendo esses bando de arburtres.Aff!

    ResponderExcluir
  24. Só retardado acredita que e esse lixo vai embora do Brasil por causa de ameaça, já já vai aparecer os podre, agora se esse doente do PT esta achando ruim as fronteiras da Venezuela estão abertas.

    ResponderExcluir
  25. Quem é Rogério do pt? Alias, quem é o PT? é um Partido ou uma organização Criminosa!?

    ResponderExcluir
  26. Meu avô dizia.

    Viado e puta não são confiáveis.

    ResponderExcluir
  27. Ele que é se promover, quem quer matar um viado deste? dá uma surra tudo bem! Ele quer é colocar um da coja dele no cargo, e pegar uma vaga nos direitos humanos, vcs do pt deu ate auxílio reclusão, agora vem falar de milícias, vcs do pt criaram esta minoria vitimas, nem viado goste de viado , São os mais preconceituoso, vi viado dizendo q nunca mais vai nas paradas Gay, pq uns é criticando os outros,agora pessoas de bem tem q gostar de viado! Era só o q faltava!

    ResponderExcluir
  28. Os esquerdistas perderam a eleição,mas ainda não se conformaram,tentam de toda maneira obstaculizar o Governo,seria melhor que fossem todos para Venezuela, ou Cuba!

    ResponderExcluir
  29. Quero saber se o Ativista da CUT Rogério do PT, já pediu a desistência do RECEBIMENTO DO BOLSA FAMILIA? Conforme a Fala do Prefeito Fred Maia.

    ResponderExcluir