quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Homem natural de Lago da Pedra é preso por homicídio cometido no Pará


Imagem relacionada

Foi preso ontem (26) em Lago da Pedra, um homem, nome não identificado, acusado de ter cometido um homicídio na cidade de Tucumã, localizada no sul do Pará. Ele é natural do município maranhense, e na época do crime estava no outro estado trabalhando em um  garimpo.


Durante uma entrevista à imprensa, o acusado relatou como se deu o crime: “Eu aluguei uma casa em Tucumã e vi um cara largado na rua depois de brigar com a mulher. Então o chamei, perguntando se não queria passar um tempo abrigado comigo”.

O homem relatou que em apenas um dia de convivência, os dois não se deram bem. “No mesmo dia que ele veio para minha residência, comprei um celular para mim. Quando acordo de madrugada, o aparelho tinha sumido, e o cara já nem tava em casa. O sujeito voltou às 5h da manhã, bêbado, drogado e mal conseguia ficar de pé”. Disse.

“Ele nem conseguia responder minhas perguntas, e colocou a mão numa bolsa onde tinha um dinheiro que ia mandar para minha mãe. A gente começou a brigar, e ele puxou uma faca. Eu tomei ela e com isso até cortei minha mão”. Continuou

Durante a confusão, o lago-pedrense afirmou que esfaqueou e matou a vítima para se defender. Depois do crime, ele fugiu para o Maranhão.

De volta à cidade natal, o acusado se envolveu numa outra briga durante um evento, e foi conduzido até a delegacia. Em seu depoimento, ele confessou para o delegado que cometeu o homicídio no Pará. “Eu confessei porque não adiantava eu me esconder, a qualquer momento podia ser preso. Não queria mais ficar correndo de um lado para o outro, e se eu tiver que pagar por algo eu pago”.

A Delegacia Regional de Tucumã foi contatada e confirmou que o homem é procurado pelo homicídio. Ele se encontra preso a disposição da justiça.

- Com informações de Ribinha da FM.

4 comentários:

  1. Até que enfim, esta se fazendo justiça... o acusado é baderneiro e sem se envolvendo em confusao.

    ResponderExcluir
  2. Esse mlk aí que foi preso e muito e trabalhador

    ResponderExcluir
  3. Ele é inoncent esse cara que foi e preso e muito e trabalhador.

    ResponderExcluir