segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Mesmo sem reagir, idoso leva tiro na perna durante assalto em Trizidela do Vale

Resultado de imagem para assalto motocicleta
Imagem da internet
Na manhã do último sábado (9), houve um assalto nas proximidades do Bairro Transual, localizado no limite entre a sede e a zona rural de Trizidela do Vale. Durante o fato, um idoso se dirigia de moto sentido à sede junto com o seu neto, que estava na garupa.

Num determinado trecho do local, o senhor foi surpreendido por dois ladrões, um deles possuía uma arma de fabricação caseira (garruncha). O homem contou aos policiais que em nenhum momento reagiu durante o ataque, mesmo assim, o bandido desferiu um disparo na perna do idoso. A criança ficou apavorada e chorando ao ver o avô sendo vítima da violência.

Os ladrões levaram a sua motocicleta Bros e até o momento não foram localizados.

A vítima foi levada para o Hospital local de Trizidela do Vale, em seguida, foi transferida para atendimento médico em outro município.

Esse já é o segundo assalto registrado na mesma localidade. No sábado retrasado (2), outra motocicleta Bros foi tomada nas proximidades do bairro. A polícia suspeita que a mesma dupla de criminosos atuaram nas duas ocorrências.

Com informações de Ribinha (Tribuna 101 – FM – Cidade de Pedreiras)

5 comentários:

  1. Criminalidade ê igual a cabelo. Si não cortar só crece

    ResponderExcluir
  2. Virou ponto de constantes assaltos naquele local. Incontáveis motos já foram foram levadas de assaltos.
    Auroridades vamos tomar providências

    ResponderExcluir
  3. As autoridades precisa tomar uma medida drástica urgentemente para acabar com essa criminalidade que so cresce a cada dia e ninguém faz nada.

    ResponderExcluir
  4. As autoridades precisa tomar uma medida drástica urgentemente para acabar com essa criminalidade que so cresce a cada dia e ninguém faz nada.

    ResponderExcluir
  5. Semana passada uma pessoa relatou que já estava acontecendo novamente esse tipo de crime mais ninguém faz nada gente tá na hora das autoridades tomarem providências porque tá de mais acorda aí as autoridades competente não fiquem de braços cruzados não

    ResponderExcluir