quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Presidente da FAMEM, Erlânio Xavier, agenda encontro em Pedreiras para discutir segurança da barragem do Rio Flores



O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão- FAMEM, Erlânio Xavier (PDT), agendou encontro para o próximo dia 21, das 9 às 12 horas, na Câmara Municipal de Pedreiras, para discutir a segurança do Rio Flores, localizada na cidade de Joselândia, cuja falta de manutenção poderá provocar danos irreparáveis a pelo menos 17 municípios que ficam no entorno.

O agendamento foi feito na manhã desta quarta-feira (6), quando o dirigente municipalista recebeu, em seu gabinete, a visita de cortesia do superintendente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Jones Braga, dos prefeitos Antonio França e Rodrigues da Iara, de Pedreiras e Nina Rodrigues, respectivamente, José Raimundo Silva Filho, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, Kleber Branco, presidente da União para a recuperação da Barragem do Rio Flores (URBF), Márcio Furtado Silva, vereador de Pedreiras, além de técnicos e assessores das entidades.

Conforme o dirigente da Codesvaf, o encontro, na realidade, foi uma visita de cortesia, que serviu para o início de uma ampla discussão a respeito da recuperação da barragem do Rio Flores e do Rio Mearim. Ele explicou, que já existe um movimento, para que a entidade assuma a responsabilidade pela manutenção da barragem, uma vez que ela está sob a égide do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS), cujo órgão não tem nenhum escritório representativo no Maranhão.

Por sua vez, o presidente Erlânio Xavier afirmou que já estava orientando a assessoria técnica da FAMEM para o encontro de Pedreiras. “Torna-se necessário empunharmos essa bandeira imediatamente, porque a falta de manutenção da barragem é preocupante, ocorrendo o risco de uma verdadeira catástrofe naquela região, caso ela venha a se romper”, afirmou Erlânio.

Ele afirmou ainda que estará mobilizando a bancada maranhense no Senado e na Câmara Federal, além da Assembleia Legislativa, para que se juntem nesse objetivo de recuperação da barragem do Rio Flores. Também aproveitou para destacar a luta de todos os envolvidos nesse projeto, que visa também a recuperação do rio Mearim.

De acordo com os participantes da reunião, a barragem do Rio Flores corre risco de rompimento, o que poderá causar problemas de alagamento nas cidades de Anajatuba, Arari, Bacabal, Bernardo do Mearim, Conceição de Lago- Açu, Dom Pedro, Igarapé Grande, Joselândia, Lago Verde, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, Santo Antonio dos Lopes, São Luis Gonzaga do Maranhão, Trizidela do Vale, Tuntum e Vitória do Mearim.

- Assessoria FAMEM

5 comentários:

  1. Se gritar pegar ladrão não ficar um meu irmão

    ResponderExcluir
  2. Ow povo besta affz. Deveria estar preocupado com a buraqueira em Pedreiras e não com porra de barragem

    ResponderExcluir
  3. SEU PREFFEITO ANTONIO FRANÇA V ENHA CAÇAR O QUE FAZER AQUI EM PEDREIRAS, SUA CIDADE ESTÁ DEB AIXO DE AGUA, DEIXE DE BABÁ O KLEBINHO QUE ELE NÃO TEM O QUE FAZER, O SENHOR SABE QUE A BARRAGEM ESTÁ SECA

    ResponderExcluir
  4. Esse prefeito mostra que é um péssimo gestor e um fraco politico em todos os sentidos,nos próximos capítulos irei mostra o real motivo dele estar querendo se alinhar com alguns políticos da região e da cidades de Pedreiras principalmente da capital.....a cidade com muitos buracos e ele sorrindo da cara do povo.

    ResponderExcluir