quinta-feira, 7 de março de 2019

Durante depoimento, professor é preso suspeito do assassinato de adolescente em Lago do Junco

Professor Adailson suspeito e a vítima Antônio Carlos 

O professor Adailson foi conduzido para prestar depoimento na delegacia de Lago da Pedra sobre o assassinato do adolescente Antônio Carlos, de 15 anos, morto a facadas e a pauladas no último dia 5. O depoimento não foi convincente e foi pedida a prisão do professor. Ainda segundo informações do repórter Mário Junior, “a visita do investigador, um policial civil de Lago da Pedra, concluiu que existem indícios que apontam o professor como o autor do bárbaro assassinato. Ele figura como principal suspeito. O delegado Dr. Marcelo Lopes, de Lago da Pedra, solicitou a prisão dele. O professor permanece preso em Lago da Pedra.”


Entenda o caso

O assassinato que vitimou Antônio Carlos, morador do povoado Cajazeiras, zona rural de Lago do Junco, ocorreu na última noite de Carnaval, na casa do Professor Adailson de Oliveira.  

Quintal da casa do professor Adailson, local onde aconteceu o assassinato 
De acordo com informações relatadas ao sargento Ruy, da PM de Lago do Junco, pelo professor Adailson de Oliveira, ele a vítima brincavam juntos no último dia de folia do carnaval na cidade. Durante a festa, os dois saíram para buscar uma bebida (Ice) na casa do professor, que fica próximo ao local. Ao chegar à residência, Adailson relata que foram surpreendidos por assaltantes. Os supostos criminosos estavam armado com faca e exigiu dinheiro e o aparelho celular. O professor disse que não tinha e o assaltante enfurecido feriu Antônio Carlos com um golpe na mão e matou o adolescente com várias facadas. Em desespero, o professor afirma que correu e conseguiu fugir do criminoso pulando o muro. Após o crime, o assassino (ou assassinos), fugiu sem deixar pistas.

Adailson Oliveira tem 32 anos, é casado, pai de dois filhos (não biológico), é professor bastantes conhecido em Lago do Junco. Ele ele se encontra preso em Lago da Pedra e vai ficar a disposição da justiça, até que o caso seja elucidado.

Já o jovem que tinha 15 anos, o Antônio Carlos Duarte, foi brutalmente assassinado com sinais de crueldade; pelas informações, foram 21 facadas, uma paulada na cabeça e dois cortes no pescoço, um de cada lado.

Um jovem com um futuro brilhante pela frente; deixa pais, irmãos e muitos amigos.

A família está sem entender, e quer que a justiça seja feita.

Essas são informações preliminares; não é possível afirmar que o professor seja o culpado pelo brutal assassinato.

As investigações da polícia avançam e o lamentável episódio deve ser esclarecidos nos próximos dias.

Com informações de Blog do Vilmar FerreiraRepórter Mário Junior - Lago da Pedra 

Mais 

Professor é conduzido pela polícia para prestar depoimento sobre assassinato de adolescente em Lago do Junco


Adolescente morre esfaqueado em Lago do Junco


22 comentários:

  1. Já que ele conseguiu fugir dos bandidos porque não chamou logo a polícia,a casa dele é bem perto de onde acontecia o carnaval e com certeza tinha muito policiais na hora do ocorrido,quem sabe os PMs não tinham pego os criminosos,e a família da vítima já até sabia quem teria cometido esse crime bárbaro

    ResponderExcluir
  2. Quem será esses filhos adotivos? um monstro desse tem que sofrer bem muito pra pagar um crime brutal desses bandido

    ResponderExcluir
  3. Ow estória sem fundamentos desse professor!

    ResponderExcluir
  4. Isso mim cheira Pablo vitar uiiiii

    ResponderExcluir
  5. É padre e professor pra gostarem de queimar o anel de couro.

    ResponderExcluir
  6. Rapaz isso é coisa do PT

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Isso não tem nada a ver com o PT ou cargo professor, Bolsonaro tem muito eleitor veado e assassino,a maioria dos professores são machos, casados.
      E o PT não criou a viadagem, viado existe desde Sodoma e Gomorra antes de Cristo,são os registros mais antigos.
      Nem o Brasil existia nessa época,muito menos o PT.
      Tem policiais veados, pastores, membros de igrejas, padres e etc.
      Quem for gay que se assuma e arque com as consequências na vinda de Jesus.

      Excluir
  8. Me desculpem se estou me excedendo no meu entender, mas aí não foram buscar apenas bebidas não ! Aí rolava algo mais entre os dois...

    ResponderExcluir
  9. Deve ter ocorrido um banho de mangua no rabo desse professor

    ResponderExcluir
  10. Isso é o q da esconder quem realmente é!!! Só acho.

    ResponderExcluir
  11. Isso é pq algumas pessoas de Lago do junco tendem a esconder quem realmente são,por medo do julgamento da maioria.

    ResponderExcluir
  12. Mais tem muito professor que gosta da a bunda viu macho tu e lojo.. esse ae tá estranho acho q ele si arrependeu ou o mlk não quiz fika com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais fácil o rapaz ñ gostava da fruta q o professor gosta!!

      Excluir
  13. Todos sabem, mais ou menos, o que ocorreu. Este caso não tá tendo a cobertura devida em razão da motivação do crime, o que não é falado e há temor de falar. Se fosse um caso de mulher traindo o marido haveria todo tipo de especulação, mas nesse caso... aí não.

    ResponderExcluir
  14. Isso aí de que ele tem dois filhos é mentira ele é casado com uma mulher que já tem filhos e netos mas não são dele

    ResponderExcluir
  15. Que a justiça seja feita, ele tem que pagar pelo que ele fez...

    ResponderExcluir
  16. essa historia ta muita errada ele tem que paga pelo crime que ele cometeu esse vagabundo...

    ResponderExcluir
  17. Todos ja sabem mais ou menos o que ocorreu,*isso ai ta mais pra tentativa de abuso doque tentativa de roubo* mas como a justiça ta uma bosta, amanhã ou depois ele está livre, se bem que a prisão pra ele eh pouco, pois uma vida nao tem preço,mas ele vai ta ai podendo fazer os mxm cm outros jovens e colocando a culpa em outros.por que nesse caso so sai ruim pra vítima que morre e pros familiares q nunca podem superar uma terrível perda....Que a polícia faça seu dever.

    #Justiça pelo menino Ray.

    ResponderExcluir
  18. Isso não tem nada a ver com o PT ou cargo professor, Bolsonaro tem muito eleitor veado e assassino,a maioria dos professores são machos, casados.
    E o PT não criou a viadagem, viado existe desde Sodoma e Gomorra antes de Cristo,são os registros mais antigos.
    Nem o Brasil existia nessa época,muito menos o PT.
    Tem policiais veados, pastores, membros de igrejas, padres e etc.
    Quem for gay que se assuma e arque com as consequências na vinda de Jesus.

    ResponderExcluir
  19. Isso não tem nada a ver com o PT ou cargo professor, Bolsonaro tem muito eleitor veado e assassino,a maioria dos professores são machos, casados.
    E o PT não criou a viadagem, viado existe desde Sodoma e Gomorra antes de Cristo,são os registros mais antigos.
    Nem o Brasil existia nessa época,muito menos o PT.
    Tem policiais veados, pastores, membros de igrejas, padres e etc.
    Quem for gay que se assuma e arque com as consequências na vinda de Jesus.

    ResponderExcluir