sábado, 16 de março de 2019

Prefeitura de Pedreiras promove plano de contingência para lidar com os riscos de cheias

Reunião com secretários e assessores de Pedreiras para definir o Plano de Contingência. 
Atenta ao nível das águas do Rio Mearim, a Prefeitura de Pedreiras realizou reunião nesta quinta-feira (14) com secretários e assessores para discutir o Plano Municipal de Contingência, que é o planejamento de ações em casos de algum desastre natural no município.

Em Pedreiras, com as fortes chuvas dos últimos dias o nível da água do Rio Mearim subiu, saindo do nível considerado normal que é pouco mais de 2,0 metros, tendo chegado até um pouco mais de 5 metros, segundo informações da Defesa Civil, no acompanhamento feito. Entretanto nos últimos dias esse nível vem baixando, e nesta sexta-feira (15/03) se encontra com 4,33m.

Mesmo com esse movimento das águas apontando para muito pouca probabilidade de haver enchente, o Governo Honra e Trabalho está atento e planejando ações para dar total assistência às famílias atingidas caso venha a ocorrer. Na reunião convocada foi reajustado o Plano Municipal de Contingência abrangendo todos os requisitos necessários para melhor atender aos possíveis desalojados.

Participantes da reunião: secretários municipais de Assistência Social (Socorro Rios), de Saúde (Karen Cynthia), de Finanças (Aline), de Segurança (Rodrigo Assaiante), de Agricultura (José Wilson Martins - Fifa), representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente; do DMTU, além do coordenador da Defesa Civil, Lenoy Passos.

Embora o coordenador da equipe, José Wilson (Fifa) descarte momentaneamente riscos de cheias, ele explica que as medidas são para preparar para uma possibilidade de enchente. “As cheias desabrigam muita gente, e este plano é para dividir as tarefas de cada secretaria, os abrigos, enfim, a logística. Já tivemos outras reuniões anteriormente com o prefeito Antônio França para tratarmos deste assunto, então estamos prontos. Sabemos que com 5,82 metros já atinge casas da Rua São Pedro, no Matadouro, mas graças a Deus, chegamos a 5,41, mas já baixou para 4,33, o que nos tranquiliza”, explicou.

Continua...




- Assessoria de Comunicação de Pedreiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário