sexta-feira, 12 de abril de 2019

Jovem sofre sérios ferimentos no rosto após tentativa de homicídio em Trizidela do Vale

A vítima durante entrevista à imprensa local. O jovem não quis se identificar a afirmou que está com o rosto marcado por cortes de facão.
Na última segunda-feira (8), por volta das 20h, um jovem que não quis se identificar, morador da rua São Joaquim, foi vítima de uma tentativa de homicídio em Trizidela do Vale. O crime ocorreu nas proximidades da Rua Santo Antônio.  

Agressão inicial

Durante uma entrevista à imprensa local, a vítima relatou que estava indo de motocicleta para a casa da sogra e ao passar pela Praça Joaquim Dino, um homem visivelmente alcoolizado arremessou uma lata de cerveja contra ele. "Eu parei para perguntar se ele estava ficando doido, porque eu não o conhecia e não sabia o motivo dele ter feito aquilo", disse o jovem.

Em seguida, o agressor desceu da calçada, tirou a chave do contato da moto da vítima e o desafiou, dizendo ser policial e dirigindo provocações. Depois de uma discussão, o rapaz recolocou a chave no contato e saiu do local. 


Tentativa de homicídio

O jovem ainda voltou a passar pela rua com a namorada, cada um em uma motocicleta, porém, minutos depois de passarem pela casa do provocador, a vítima sentiu uma pancada atrás da sua motocicleta, tratava-se de uma batida proposital feita pelo suposto policial. "Eu cai da motocicleta e quando olhei para trás vi ele me atacando com um facão, levei três cortes na minha cara, eu nem tive como reagir", disse a vítima, afirmando ainda que teve de correr rumo a um bar movimentado para fugir do homem, que desistiu do ataque.

O jovem teve de ser encaminhada para receber tratamento médico em Presidente Dutra, pois ficou com ferimentos fortes e perdeu muito sangue. O ataque provavelmente foi feito por motivo fútil, uma vez que a vítima afirmou nunca ter visto o acusado antes. 


A polícia está realizando os procedimentos necessários para prender o agressor, que ainda não foi identificado.

- Com informações da TV Ouro Vivo

Confira a entrevista com a vítima.

2 comentários:

  1. Ninguém tenta matar outro assim atoa. Aí tem coisa...

    ResponderExcluir
  2. O motivo e q ele tava alcoolizado e se acha entocavel por ser policial

    ResponderExcluir