terça-feira, 7 de maio de 2019

Estudantes protestam em várias regiões do MA contra cortes de verbas do governo federal ao IFMA

Nesta segunda-feira (6), estudantes realizaram protestos em várias regiões do Maranhão contra o corte verbas do governo ao Instituto Federal do Maranhão (IFMA). No sábado (4), o G1 MA adiantou que o instituto terá corte de 38% no orçamento previsto para 2019. O percentual representa aproximadamente R$ 28 milhões a menos no orçamento.
Estudantes em protesto no IFMA de Pedreiras  


"As pessoas precisam entender que esse corte de mais de 30% nas verbas nos institutos não vai prejudicar só a gente, mas também os outros alunos que pretendem ingressar uma universidade ou um instituto federal", declarou o presidente do Grêmio Estudantil do IFMA/Caxias, João Victor Silva.

As manifestações aconteceram na maioria dos 29 campi do IFMA, como em Imperatriz, Rosário, São Luís, São José de Ribamar, Caxias, São Raimundo das Mangabeiras, Porto Franco, Araioses, Codó, Barreirinhas, Itapecuru-Mirim, Pinheiro, São João dos Patos e Zé Doca. Na maioria dos atos, os estudantes vestiam camisas pretas.

Em Caxias, o corte no orçamento preocupa cerca de dois mil alunos. Já no campus de Codó, os alunos estão indo embora para casa mais cedo e outros dizem que precisam levar quentinhas porque a crise já afetou o restaurante.

"Tem alguns aí que estão trazendo alimento de casa, mas no meu caso aqui não dá. Temos que voltar pra casa", contou o estudante Anderson Bulhões.

Estudantes em protesto no IFMA de Bacabal  



De acordo com a administração do campus de Codó, o problema está na falta de recursos que fez os fornecedores deixarem de atender o IFMA.

"Como o recurso que tem chegado até a instituição tem sido insuficiente para cobrir todas as notas autorizadas pelo governo para empenho, as empresas resolveram suspender a entrega de gêneros alimentícios", declarou Jandherson Silva, diretor interino do IFMA/Codó.

A reitoria da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) também se manifestou contra o corte de verbas anunciado pelo Ministério da Educação. Em nota, a UFMA declarou que o bloqueio foi recebido com perplexidade pela comunidade acadêmica, e que deve afetar as atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Estudantes em protesto no IFMA do Centro Histórico  


Cortes de recursos para o IFMA

O IFMA confirmou que o corte terá impacto de funcionamento - como nos contratos de fornecimento de água, energia, internet e vigilância - e também vai prejudicar as atividades planejadas de ensino, pesquisa e extensão em 29 campi e seis centros de referência no estado.

Segundo o secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa de Lima Junior, o corte de verbas em todos as universidades e institutos trata-se de um "bloqueio" que foi feito "de forma preventiva" e "só sobre o segundo semestre".

Apesar de ter dito que o bloqueio foi feito "de forma isonômica" para todas as universidades e institutos, Lima afirmou que está "estudando alguns parâmetros" para definir quais delas seriam "premiadas" com uma "redução menor do que as outras" ao longo do ano, "mas com ênfase no segundo semestre".

Segundo ele, o primeiro parâmetro é o "desempenho acadêmico e seu impacto no mercado de trabalho", seguido da governança das universidades. "A gente quer que elas tenham um sustentabilidade financeira", explicou o secretário. O terceiro parâmetro é a inovação gerada para a economia.

Fonte: G1

20 comentários:

  1. Acabou a farra com dinheiro público,e só deixarem de roubar e falsificar notas q o dinheiro dar pra tudo!
    Curso de humanas só serve pra fumarem maconha!
    Filosofia e outra porcaria sem serventia nenhuma!

    ResponderExcluir
  2. chorem a vontade, os dias de desvios de verbas dos ptralhas acabou. tem que investir o no ensino fundamental na base, não em formação de alienados ptralhas que a maioria só vão pras universidades pra usar drogas e fazer badernas.

    ResponderExcluir
  3. Não adianta ir para a faculdade se a base do ensino tiver sido ruim
    Precisa equilibrar tudo

    ResponderExcluir
  4. Correto estudantes. Mas, algum de vocês sabem quanto o IFMA de Pedreiras recebe por mês ou por ano?
    O gestor é transparente com os recursos que foram recebidos mostrando valores e aplicações para os estudantes?
    Ora, ora. Vejam os valores recebidos em cada unidade ao longo dos meses e anos primeiro. Pois as vezes nem papel higiênico nos banheiros há.
    E tenho dito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mostre-nos o extrato do que entrou em caixa, e em que foi gasto, e veremos o tamanho do desvios de verbas, não tenho duvida.

      Excluir
  5. Tem que protestar mesmo! Correr atras dos seus direitos, mas na hora da foto, se o assunto for serio tirem foto de acordo com o contexto, pq se não parece um bando de palhaços querendo aparecer.

    ResponderExcluir
  6. Bando😨 desocupados vão casar o que fazer. Acabou ha😆 farra com dinheiro😂público esses cursos no servem de nada. Só mesmo pra conversar besteira e fumar maçonaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro vá estudar seu burro, depois deixa o débil mental botar no teu feofo, e diga que ele é gostoso.

      Excluir
  7. Esses comentários que apoiam esse crime São de bolsominions alienados que o que omerdanaro fizer os alienados aprovam

    ResponderExcluir
  8. Mais aproveitem por que em 2022 vcs deram derrotados pelo Ciro gomes cambada de alienados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só vai da o mito de novo. é bom já ir se acostumando, da tempo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. vocês vão ter que trabalha bando de parasita

      Excluir
  9. bolsonaro acabando com todos. aguenta e o mito kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. bolsonaro acabando com todos. aguenta e o mito kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. bolsonaro acabando com todos. aguenta e o mito kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Tão acostumado com a mamata quando o peito seca acha ruim # Bolsonaro até 2080

    ResponderExcluir
  13. me mostrem um IFMA, APENAS 01, DO INTERIOR OU DA CAPITAL que o gestor é transparente com os recursos recebidos mostrando pra comunidade a aplicação correta. Agora, acabou a farra e tão empurrando os ingênuos estudantes pra RUA dizendo que MEC vai acabar com tudo. Antes de sairem destrambelhados na rua, estudantes, peçam pros gestores mostrarem os recursos às claras. ...#ficaadica PRA NÃO SERVIREM DE BUCHA.

    ResponderExcluir
  14. Enquanto o governo do capitão pateta corta 28 milhões do ifma pra equilibra as contas , os deputados mamam 1bilhao e 100 milhões por ano só pra irem passar o dia no gabinete .
    11 ministros consomem 500 milhões por ano , idiotas bolsonarianos ptrarianos psdbrianos ou o diabo a quatro , deixem de ser idiotas , estão tirando só a parte do povo ! A única coisa que podemos usufluir e a saúde educação moradia emprego e eles estão tirando pra não mecherem nos grandões !
    Bando de idiotas
    Burros!
    Abestados!
    Nem Bolsonaro nem Lula nenhum deles tão pouco se lixando pra pés de chinelo como vocês

    ResponderExcluir
  15. Bando de jeca ! O capitão pateta entrega 40 milhões pra cada deputado só pra aprovar as emendas dele, e diz que precisa cortar 28 milhões do ifima pra acertar as contas !
    Quem tá perdendo idiotas ?
    Seus filhos !

    Jumentos!
    Vão estudar bando de jeca !
    😂🤣😂🤣😂
    Tudo coitado dando uma de apoiador de governo
    #seliga !!!



    ResponderExcluir