terça-feira, 14 de maio de 2019

Pistoleiro acusado de assassinar empresária de Presidente Dutra é preso pela PM de São Roberto

Romário Batista Sousa, acusado de ser um dos assassinos da empresária Rayra dos Santos Feitosa. (Imagem: Tv Ouro Vivo)
A Guarnição da PM de São Roberto do Maranhão prendeu quatro elementos suspeitos de integrarem uma quadrilha de pistoleiros. Eles estavam escondidos em uma casa no povoado Porto Santa Cruz, zona rural de Joselândia.

Segundo informações do Sargento Oliveira, comandante do DPM de São Roberto, um condutor identificado como, Raimundo Alves de Sousa Junior, foi parado em uma barreira policial na Operação Salvaguarda. A abordagem ocorreu por volta das 16h desta segunda-feira (13), na estrada vicinal que liga a MA-012, ao povoado Porto Santa Cruz. 

Na abordagem, o indivíduo não apresentou documentos pessoais ou documento da motocicleta, ele foi conduzido para prestar depoimento no DPM de São Roberto. Em conversa com os PMs, ele revelou que estava escondido em uma casa, no povoado Porto Santa Cruz, com mais três meliantes, identificados como, Luís Davi Batista Sousa, Richardison da Silva de Sousa e Romário Batista Sousa. Romário é acusado de participar no assassinato da empresária Rayra dos Santos Feitosa, de 25 anos. O ex-marido da vítima, Bartolomeu Ribeiro da Silva, confessou que foi o mandante do assassinato. Em depoimento, ele afirmou que pagou R$ 2.000 pela execução da Rayra, por não aceitar a separação.


Ainda segundo relatos de Raimundo, Romário também matou dois irmãos gêmeos no estado do Mato Grosso e, que Luis Davi Batista Sousa assassinou um indivíduo conhecido como Mateus, em Presidente Dutra.

Com bases nesse depoimento, policiais do 19º BPM de Pedreiras cercaram montaram uma operação para prender o bando. Cercaram a casa e conseguiram prender os acusados. Os conduzidos foram apresentados inicialmente na sede do 19º BPM e depois foram entregues na 14ª Delegacia Regional de Pedreiras  para as medidas legais cabíveis.

Material apreendido com os suspeitos

01 revólver de marca ROSSI, calibre 38: 5 tiros, com numeração raspada com 2 munições intactas e 3 deflagrada; (pertencente a Davi)

01 revólver de marca TAURUS, calibro 38: 6 tiros, numeração parcialmente não identificada com 5 munições intactas; (pertencente a Romário)

01 celular Samsung Gran Prime;

01 celular Samsung Ace 04

01 moto Fan cg 150, cor preta, chassi: 9C2KC1550AR057117

01 Honda pop 110, cor preta, chassi: 9C2JB0100HR218579

Valor em dinheiro na quantia de R$ 18,00 reais.

Revólveres apreendidos com os suspeitos. (Imagem: Tv Ouro Vivo)



Rayra dos Santos Feitosa, de 25 anos, era dona de uma pizzaria em Presidente Dutra 

Bartolomeu Ribeiro da Silva confessou ser o mandante do assassinato da ex-esposa e empresária Rayra Santos Feitosa, em Presidente Dutra

Um dos assassinos de Rayra, Amós Américo Alves (Negrete), ainda está foragido,  

Nenhum comentário:

Postar um comentário