sexta-feira, 10 de maio de 2019

Radialista acusa prefeito de Imperatriz de agredi-lo com socos e pontapés

Radialista Justino Filho, em vídeo, relatando a agressão.
O prefeito de Imperatriz, no sul do Maranhão, Assis Ramos (DEM), agrediu o jornalista Justino Filho, um dos maiores críticos da gestão, dentro da sede da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (SEDEL), na Rua Coriolano Milhomem, no centro da cidade.

O fato aconteceu na manhã desta sexta-feira, 10.

Justino disse que estava no local para fazer uma visita ao secretário, Weudson Feitosa dos Santos, quando foi surpreendido pelo prefeito, que chegou e desferiu um soco, que atingiu o rosto do jornalista, abrindo um corte.

Nota do prefeito


"Minha gente, antes de tudo, meu sincero pedido de desculpas, mas a longa sequência dos fatos, de agressões e tentativas de achaques, sinceramente, me tiraram do sério. 

Por último, de ontem para hoje, no lamaçal das redes sociais, esse elemento de larga folha policial, quadrilheiro em inquérito da Polícia Federal, vinha atentando contra a honra da minha família, deturpando e descontextualizando imagens. 

Hoje, na Sedel, onde o encontrei, ele foi em busca do que muitas das suas vítimas ja lhe deram: dinheiro para aliviar seu assédio criminoso. 

Não temo as maledicências dele. 

Eu não AGI. Eu REAGI. 

Antes, eu vinha buscando a proteção da minha honra na Justiça, mas ele não respeita nada da lei e das sentenças. 

Que se apurem todos os fatos." - Assis Ramos 

Vídeos feito pelo jornalista



Fonte: Jornal Pequeno

7 comentários:

  1. Tem jornalista que enche o saco também né kkk

    ResponderExcluir
  2. Se mexer na ferida dos políticos eles metem o braço KKK

    ResponderExcluir
  3. Isso foi é pouco perto duquer esse vagabundo merecia, parabéns prefeito Assis Ramos, se todos os políticos tivessem essa coragem, esses vagabundos carniceiros iam respeitar os políticos e seus familiares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Botei foi fé prefeito, se todos fizessem assim esses vagabundos aprendiam a respeitar as autoridades

      Excluir
  4. Se falar da administração é espancado?! Eita porra!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sempre a três versões da história, a do jornalista a do prefeito e a da realidade

    ResponderExcluir