sábado, 9 de abril de 2016

Governador Flávio Dino inaugura dois restaurantes populares neste sábado (9)


Com a implantação de mais dois restaurantes populares no interior do Maranhão, o Governo do Estado avança com o plano de expansão da rede, visando combater a extrema pobreza e a fome, beneficiando um número maior de cidadãos e proporcionando mais dignidade à população em situação de vulnerabilidade social e em estado de insegurança alimentar. Os novos restaurantes serão inaugurados pelo governador Flávio Dino neste sábado (9), em Pedreiras, às 11h, e em Lago da Pedra, às 13h.

Os restaurantes populares são unidades públicas de alimentação e nutrição que ofertam refeições nutritivas ao preço simbólico de R$ 2 e a distribuição de 1.100 refeições diárias, no almoço, e 550 no jantar. Os principais públicos alvos da ação são desempregados, estudantes, trabalhadores, moradores de rua e famílias em situação de insegurança alimentar.
Continua...

Segundo o governador Flávio Dino, além de trazer benefício direto à população no combate à fome, os espaços fomentam o desenvolvimento agrícola, a partir da aquisição de produtos da agricultura familiar. “Estamos ampliando a segurança alimentar e gerando mercado para os nossos produtores. Nossa orientação é que todos esses equipamentos cada vez mais comprem alimentos que sejam produzidos pela agricultura familiar, para que, com isso, nós, mediante investimentos do governo, possamos gerar emprego”, detalhou o governador.

Flávio Dino enfatizou que iniciativas como esta ratificam a principal marca do Governo: a preocupação com o social, com as pessoas. “Recebemos o Governo com seis, inauguramos sete, e neste sábado inauguraremos mais dois. Significa que em pouco mais de um ano de gestão, vamos duplicar a rede de atendimento em restaurantes populares”, explicou.

Expansão da rede

Na capital maranhense além da recém inaugurada unidade do São Francisco, o Governo do Maranhão já disponibiliza o serviço também nos bairros da Cidade Olímpica, Maiobão, Vila Luizão, Liberdade, Coroadinho e Anjo da Guarda.

Em 2015 o governo passou a servir também o jantar, o que representa mais comida de qualidade para a população menos favorecida e um passo a mais na luta contra a fome e a favor da redução dos índices de insegurança alimentar, que ainda é um grande desafio a enfrentar no estado.


Em 2016, ainda serão instaladas mais duas novas unidades alimentares, em Chapadinha e Zé Doca. Também serão construídas 30 novas cozinhas comunitárias instaladas nos municípios incluídos no Plano de Ações ‘Mais IDH’. Além da alimentação, as unidades ofertarão uma gama de atividades produtivas, capacitações técnicas, atendimentos nutricionais e outras importantes ações visando à redução da insegurança alimentar em nosso estado.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário