segunda-feira, 4 de setembro de 2017
Câmara Municipal de Paulo Ramos - Sessão do dia 1º de Setembro 
O prefeito comunista de Paulo Ramos, Deusimar Serra (PCdoB), esteve na última sexta-feira (1º), na Câmara Municipal para prestar esclarecimentos aos vereadores e aos demais presentes.

Com medo da reação da população, que fizeram corrente na rede social para lotar a Casa Legislativa, o prefeito convocou uma guarnição da Força Tática para garantir a segurança da sessão.

A sessão iniciou às 9h da manhã e terminou por volta de 15h. O prefeito respondeu algumas perguntas, criticou a gestão anterior, afirmando que não trabalhou em prol do povo pauloramense e também culpou o ex-prefeito pelos problemas enfrentados atualmente em seu governo. 
Deusimar foi à Câmara se explicar e acabou criticando o ex-prefeito 

Diana Serra, mãe do prefeito

Foram feitos inúmeros questionamentos ao prefeito e um desses foi a pergunta sobre qual cargo a senhora Diana Serra, mãe de Deusimar, exerce na Prefeitura; o prefeito respondeu que nenhum; logo em seguida, a vereadora Nalvinha Torquato o desmentiu, apresentando a folha de pagamento que mostra o salário de Diana Serra no valor de R$ 4.000. Confira o print do contracheque no final desta postagem. 

Diárias exorbitantes

Sobre as duas diárias abusivas, o prefeito falou que eram diárias que ele utilizou para buscar recursos  até os órgãos competentes na capital.

Sobre a ambulância transportando merenda escolar

O secretário municipal de Saúde, Juracy, também se manifestou na sessão. Indagado sobre o caso do vídeo que registrou uma ambulância carregando certos produtos do depósito de merenda escolar, ele explicou que se tratava de material de limpeza e não lanches.
Vídeo 
A galeria da Câmara estava lotada de servidores, principalmente professores que foram ao parlamento municipal protestar conta a iniciativa do prefeito de modificar o Plano de Cargos, Carreira e Salário. Os professores temem que a mudança culminaria na redução significativa de mais de 30% em seus salários.

Outro grupo presente se manifestava contra a ameaça do prefeito de anular o concurso público municipal, realizado no governo do então prefeito Dr. Tancledo. Deusimar Serra aponta que aquele certame estava eivado de irregularidades.

Em determinado momento, o presidente da Câmara percebeu que a população estava se manifestando e ameaçou chamar a Força Tática para retirar as pessoas da galeria
Mais em continua...

O certo é que os servidores estão contra o prefeito. Confira no vídeo a animosidade entre o funcionalismo municipal e seu gestor. 

Câmara lotada de servidores - Medo e revolta do funcionalismo municipal 

Foto do Blog Alex Barroso 
Contracheque da senhora Diana Maria Serra da Silva 


Um comentário:

  1. Vídeo bom foi o aplauso de vaias que os presentes deu para o gestor e sua comitiva kkkkk

    ResponderExcluir

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas