sexta-feira, 27 de abril de 2018

Hildo Rocha exalta serviços da Embrapa

 
Durante sessão solene em homenagem aos 45 anos de criação da Embrapa o deputado Hildo Rocha destacou o serviço e a importância da instituição e citou conquistas alcançadas pela entidade desde a sua criação, no dia 26 de abril de 1973, até hoje.

Hildo Rocha lembrou que para se tornar uma instituição de excelência, referência mundial em pesquisa foi necessário gerar tecnologia própria, ao invés de importar e adaptar técnicas desenvolvidas no exterior, conforme acontecia até o surgimento da empresa.

De acordo com o parlamentar, graças às pesquisas realizadas pela Embrapa, com foco no melhoramento genético, plantas oriundas de outras latitudes, como a soja, aclimataram-se aos trópicos, e o País tornou-se referência em agricultura tropical.
Continua...

“Esse avanço extraordinário só foi possível porque os primeiros dirigentes sabiam que a inovação passa pelo conhecimento, e enviaram mais de mil jovens pesquisadores às melhores universidades da Europa e dos Estados Unidos para mestrados e doutorados, num dos maiores programas de capacitação em pesquisa já realizados no País. Graças a isso, a Embrapa hoje tem um corpo de pesquisadores altamente capacitado, a absoluta maioria dos quais com doutorado, distribuídos em seus 42 centros de pesquisa”, destacou.

Crise orçamentária

Hildo Rocha lamentou que ao completar 45 anos, ostentando trajetória extraordinária, a Embrapa esteja atravessando uma grave crise orçamentária. O deputado destacou que o orçamento de 3,5 bilhões, para este ano, está ameaçado por um corte estimado em mais de 20%.

“Para tentar equilibrar o orçamento, seus dirigentes pretendem extinguir alguns centros de pesquisas e implantar um programa de desligamento incentivado, na tentativa de reduzir em até 20% os gastos com pessoal. Vamos trabalhar no sentido de reverter essa situação. A Embrapa tem que continuar sendo valorizada e prestigiada, pois certamente é grande a contribuição que ainda tem a dar à agricultura nacional”, proclamou Hildo Rocha.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário