quinta-feira, 24 de maio de 2018

Caminhoneiros mantêm bloqueio em dez trechos de rodovias no Maranhão


 
Caminhoneiros no Maranhão mantêm nesta quarta-feira (23), protesto em dez pontos nas rodovias que cortam o estado. Os atos foram iniciados na manhã da ultima segunda-feira (21). A manifestação nacional é em virtude da alta do óleo diesel.

Conforme levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), com atualização às 19h45 desta quarta-feira (21), os protestos ocorrem nos seguintes trechos:

Imperatriz – BR 010, km 246
Cidelândia - BR 010, km 299,5 Trecho Seco
Estreito - BR 010, km 131
Balsas - BR 230, km 396
Balsas - BR 230, km 406
Caxias - BR 316, km 544
São Domingos do Azeitão - BR 230, km 216
São Luís - acesso da BR 135, km 5
Grajaú - BR 226, Km 413.
São Domingos do Maranhão - BR 135, km 340
Continua...

Apenas uma manifestação ocorre com interdição de rodovia. Nos outros pontos só os veículos de carga estão sendo impedidos de transitar.

A Petrobrás anunciou que o preço deste combustível deve cair 1,54%, nesta quarta-feira (23). Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Do Blog do Gilberto Lima

8 comentários:

  1. Vamos apoiar nem que tenhamos que sentir na pele pois eles tão sentindo mais que noi

    ResponderExcluir
  2. Depois que os protestos começaram a acontecer e que vem causando prejuízos ao país, aí é que a Petrobras, resolve baixar um pouquinho os preços do Diesel e da Gasolina.
    Porque que deixaram acontecer mais de 10 (dez aumentos consecutivos em menos de um mês, se conseguem baixar em menos de 48 horas. Ora! Ora! é claro que isso é um grande roubo do governo nas costas do consumidor.

    ResponderExcluir
  3. Depois que os protestos começaram a acontecer e que vem causando prejuízos ao país, aí é que a Petrobras, resolve baixar um pouquinho os preços do Diesel e da Gasolina.
    Porque que deixaram acontecer mais de 10 (dez aumentos consecutivos em menos de um mês, se conseguem baixar em menos de 48 horas. Ora! Ora! é claro que isso é um grande roubo do governo nas costas do consumidor.

    ResponderExcluir
  4. Apoiado a todos os motoristas

    ResponderExcluir
  5. Pra cima caminhoneiros de todo Brasil

    ResponderExcluir
  6. Baixaram o preços dos combustíveis nas refinarias,mas se os órgãos de fiscalização não fizerem a sua parte infelizmente os preços não serão repassados ao consumidor pelos donos de postos. Eles só repassam quando há aumento infelizmente

    ResponderExcluir
  7. Temos q fazer isso mesmo bota para o Brasil

    ResponderExcluir
  8. Esperantinopolis não vai sofrer pq já tão sofrendo

    ResponderExcluir