quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Dois homens são conduzidos pela policia suspeitos de envolvimento no assassinato da jovem de 16 anos em Pedreiras


Um dos conduzidos é o marido da vítima
Adriana 
Dois homens foram conduzidos pela polícia civil de Pedreiras, nesta manhã de terça, dia 5, suspeitos de matar Adriana Santiago. O corpo da jovem de 16 anos foi encontrado nesta manhã, nas proximidades do lixão de Pedreiras e da casa onde ela morava.

Um dos conduzidos e Luzigleyson Sousa Nascimento, marido de Adriana. O segundo detido, conhecido pelo pré-nome “Sandro” teria confessado participação e informado a policia que o marido foi o autor do assassinato.

Os dois estão sendo ouvidos pela polícia.

Mais

Ontem, terça, o companheiro gravou entrevista para a TV Ouro Vivo, canal 9, repórter Jorge Henrique, onde fez apelo para encontrar Adriana. Hoje, ele figura como principal suspeito do assassinato 

Mais informações

Foi encontrado, no começo da manhã desta quarta-feira (5), o corpo da garota Adriana Santiago Gomes, de 16 anos, que estava desaparecida desde o último dia 31 de agosto. O cadáver, em estado de decomposição, estava na área do lixão de Pedreiras, região em que a mesma residia com o companheiro, escondido nas proximidades do Igarapé São Francisco.

O corpo de Adriana despedido foi encontrado por um popular e depois denunciado à polícia. As causas da morte da menina ainda estão sendo investigados.

Adriana desapareceu depois que visitou a irmã dela, no povoado Lago da Onça,  zona rural de Pedreiras e não retornou para casa.
Luzigleyson Sousa Nascimento, era marido da vítima e figura como suspeito do assassinato 

Sandro, segundo informações, confessou participação e apontou o marido da vítima como autor do crime 

Familiares ficaram alarmados, registraram B.O. e divulgaram fotos nas redes sociais pedindo ajuda da população para localizar a garota. Circularam informações que Adriana estava em companhia de algumas amigas em Pedreiras, porém, lamentavelmente, o corpo foi encontrado na região do lixão, bem próximo de casa.
Continua...


Policiais militares e civis estiveram no local, realizando procedimentos e providenciando a remoção do corpo. Um delegado informou que a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras solicitou ao ICRIM a remoção do corpo para o IML de Timon, para passar por perícia. O laudo do IML apontará a causa da morte. Curiosos estão na área do lixão, acompanhando o trabalho da polícia civil.

"O local tem muito urubus por conta do lixão e naquela área as pessoas que vivem por aqui observaram a presença de urubus e de mau cheiro, mas por conta de ser o lixão ninguém desconfiou que era o corpo da Adriana que estava no local, escondido. Soube que ela estava sem roupa, ou seja, tudo leva a crer que foi abusada antes de ser morta", disse um morador daquela região.

Mais 


- Todos os detalhes do brutal assassinato da adolescente de 16 anos em Pedreiras
Para o delegado regional, falta apenas tipificar o assassinato: homicídio qualificado ou feminicídio. Marido e um conhecido da polícia estão presos suspeito de estuprar e matar adolescente nas proximidades do lixão de Pedreiras  


- Encontrado no lixão de Pedreiras o corpo da garota 16 que estava desaparecida desde a última sexta-feira

4 comentários:

  1. dois covardes mais o presídio espera por vcs e lá vcs vão ter o q merecem bandidoooooos😢😢

    ResponderExcluir
  2. É, vão ter o que merece nada! Vão ter é um hotel com comida boa pra comer e cama pra dormir �� Deixa que essa mordomia de bandido tá acabando. Bolsonaro 17

    ResponderExcluir
  3. Lamentável espero q a ja justiça

    ResponderExcluir
  4. A tê quando a violência contra as mulheres vai continuar

    ResponderExcluir