quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Filho que matou a própria mãe sofria de esquizofrenia e família não tinha dinheiro para comprar medicamentos



Na manhã desta quarta-feira (19), Antônio José Vieira, de 49 anos, conhecido como “Zé Vaqueiro” matou sua mãe, a idosa Rosa Vieira do Nascimento, de 84 anos, com 5 facadas na cidade de Alto Alegre do Pindaré (MA).  

A polícia foi acionado e encontrou o autor do homicídio sendo agredido por populares em outro local da cidade. A população revoltada pelo crime tentava linchar Zé Vaqueiro. Ele foi conduzido e apresentado na Delegacia de Santa Luzia (MA) e está a disposição da justiça.

De acordo com populares, o acusado dizia ouvir vozes que pediam para que ele matasse sua mãe. O mesmo já havia passado por uma internação em hospital psiquiátrico na capital São Luís. Vindo de uma família humilde e sem condições de comprar seus medicamentos para o transtorno mental (esquizofrenia).

Consequente à sua condição mental danificada pela esquizofrenia ele pode ter sido levado a cometer tal atrocidade, já que, pesquisadores afirmam que embora o risco de despertar violência em casos como esse seja pequeno, as pessoas que não fazem uso de medicamentos receitados, que têm delírios e alucinações onde os ordenam a praticar violência são propensos ao ato de suicídio e assassinato.

Um comentário: