quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Jovem de 19 anos é presa em Pedreiras por comprar celular roubado


A acusada disse que não sabia que o aparelho era roubado

A polícia prendeu, em Pedreiras (MA), uma jovem de 19 anos, nome não informado, acusada de comprar um celular roubado por 250 reais. Ela foi autuada por receptação, mas em depoimentos a policia alegou que não sabia que o aparelho era produto de roubo.

O celular foi rastreado e a polícia chegou à casa da jovem que adquiriu o aparelho e efetuou a prisão dela.  A mãe da jovem acusada de cometer o crime de receptação esteve hoje na delegacia e declarou a imprensa local que a filha nunca cometeu nenhum delito e foi enganada.

“Foi uma fatalidade, ela não sabia que o aparelho era roubado e se soubesse não teria comprado. Ele (ladrão) disse que estava precisando vender o celular para pagar a prestação de uma moto que estava atrasada, minha filha adolescente (19 anos) acreditou na conversa e deu 250 reais pelo aparelho; mas na hora que a polícia chegou lá em casa, a primeira coisa que ela fez foi entregar o celular, porque não era nosso”, disse a mãe.
Mãe da jovem presa afirma que a filha não tem passagem pela polícia e foi enganada pelo ladrão 

O delegado regional, Dr. Diego Maciel, falou a imprensa sobre o caso.

“Na semana passada houve um roubo; dois indivíduos com uma arma falsa abordaram uma jovem e subtraíram um aparelho de celular da vítima. E ontem à tarde (19), conseguimos identificar o garupa da moto usada no crime, fizemos diligência no endereço dele; o encontramos sentado na calçada da casa; ele confessou a prática criminosa e deu detalhes como o fato aconteceu. A  partir daí, conseguimos descobrir todos os indivíduos que participaram o assalto, bem como a pessoa que adquiriu o celular roubado”, disse.
Delegado Dr. Diego Maciel 

O delegado Diego Maciel voltou a alertar a população sobre o perigo de comprar aparelhos celulares sem procedência.

“Não se adquire um celular como se estivesse comprando um quilo de arroz no supermercado; você tem que verificar a procedência, você tem que pedir nota fiscal e, ainda assim, tomar bastante cuidado, conferir o código se realmente é o da nota fiscal para que venham sofrer uma sanção penal pelo crime de receptação”, alertou o delegado regional.


Mais na reportagem da TV Rio Flores 


5 comentários:

  1. Bem empregado!! Que a Polícia prenda mais. Pois quem compra celular roubado também faz parte do crime. Parabéns Dr Diego Maciel.

    ResponderExcluir
  2. Com 19 anos ninguém é mais adolescente, como diz a mãe da receptadora.

    ResponderExcluir
  3. Vai num presídio e pergunte quantos inocentes tem lá kkkkk praticamente todos

    ResponderExcluir
  4. Delegado um Kilo de arroz no supermercado tem procedência e cupom fiscal

    ResponderExcluir
  5. foi uma fatalidade!!! a bichinha tava querendo um celular novo bom e barato e aproveitou a oportunidade.... faze o que ou a gente cai na mao do assaltante ou do paraiba

    ResponderExcluir