quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Um caso de policia surpreendente e que só costuma acontecer em Pedreiras

Imagem ilustrativa 

Na quarta-feira, dia 10, uma mulher procurou a delegacia de Pedreiras em busca de ajuda, porém, contando uma história sem pé e sem cabeça. Ela estava com marcas de agressões visíveis pelo corpo. Levou algumas porradas... 

Em conversa com policiais, ela informou que determinado elemento invadiu a casa dela, roubou dois aparelhos celulares e ainda a agrediu. 

Durante o depoimento, os policiais se surpreenderam, quando a vítima declarou que conhece o acusado, o endereço dele e ficaram ainda mais surpresos no momento em que a mulher pediu para que ele não fosse preso; solicitou apenas que fossem a casa dele e recuperassem os aparelhos celulares. 

Os policiais ficaram desconfiados e informaram a vítima que a polícia não trabalha daquela forma. Eles iriam atrás do suposto acusado e ele seria conduzido pelos crimes de roubo e agressão. No entanto, a vítima insistia para ele não ser preso, ela também recusou registrar B.O. Depois de várias contradições no depoimento, a mulher resolveu esclarecer que tem um relacionamento amoroso com o acusado. A policia a convenceu para ela levar a diante a queixa e ela acabou concordando. 

Uma guarnição foi atrás do acusado em casa, ele voltou a delegacia conduzido na viatura; logo em seguida, chegaram a esposa e a filha do mesmo em pânico, sem saber o que ele tinha feito para ser preso. 

A suposta vítima ao ver o homem, a esposa e a filha na delegacia, desistiu imediatamente de representá-lo através do B.O. Ela não faria mais nada contra o mesmo. A situação foi resolvida amigavelmente entre as partes envolvidas. Tudo ficou numa boa. Ah, ele devolveu um dos celulares levados. 

5 comentários:

  1. Se houver agressão o delegado deveria fazer o B.O independente da vontade da vítima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo?! Segundo quem? Essa obrigatoriedade só acontece se houver relação de violência doméstica ou familiar na forma da Lei Maria da Penha, o que não restou demonstrado, então caberia sim à vítima decidir .... vai dormir q tu ganha mais!

      Excluir
  2. No mais é bonito o caba ir parar na delegacia por causa de Cuenca kkkkk, as bichas tão se achando muito importante. Vai bucado de macho safado se meter com quem não presta. Mulhwque se valoriza não aceita ser a segunda opção na vida da outra.

    ResponderExcluir
  3. O MARANHAO É CHEIO DE HOMENS QUE QUEREM DUAS OU MAIS MULHERES, NAO TEM RESPEITO COM A FAMILIA, CONHEÇO UM MONTE QUE NAO TEM NEM ONDE CAIR MORTO E MESMO ASSIM QUE DA UMA DE GARANHAO...E AINDA TEM UMAS MULHERES BABACA QUE ACEITA...DEPOIS NAO TEM DO QUE RECLAMAR.

    ResponderExcluir