terça-feira, 27 de novembro de 2018

Assalto em Bacabal pode ter rendido 100 milhões de reais aos bandidos


- A polícia do Maranhão estima que a quadrilha tenha roubado em Bacabal cerca de R$ 100 milhões. Até o momento, R$ 3 milhões já foram recuperados pelos policiais. Esse dinheiro foi deixado nas dependências da agência pelos criminosos e moradores aproveitaram para pegar as notas.
Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela participa de coletiva em Bacabal 
- Investigação da Polícia aponta que o líder da quadrilha responsável pelo assalto a agência do Banco do Brasil ocorrida na noite de domingo (25) na cidade de Bacabal é José Francisco Lumes, mais conhecido como “Zé de Lessa”, estava no município comandando pessoalmente a ação da quadrilha. Ele é líder da maior organização criminosa do estado da Bahia. 

Quem é Zé do Lessa?

A polícia acredita que “Zé de Lessa” estava em Bacabal,
 comandando pessoalmente a ação da quadrilha.

De acordo com a polícia, “Zé de Lessa” é bastante conhecido por crimes em todo o país, especialmente por roubos a banco. Natural do estado da Bahia, “Zé de Lessa” começou na vida do crime fazendo assalto a instituições financeiras. Foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar.

Mortes durante o assalto

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) confirmou que três assaltantes foram mortos em confronto com a polícia. Um morador da cidade também morreu durante a troca de tiros. Na manhã desta terça-feira (27), o delegado Carlos Renato confirmou que outro morador também foi atingido por disparos de arma de fogo e segue em recuperação.

- Um dos bandidos mortos no confronto com a policia era Edielson Siva, da Bahia, irmão do líder da quadrilha, Zé do Lessa.

"Nomes dos criminosos: Rafael Mendes, natural de Pinheiro, Maranhão. Edielson da Silva, Baiano, já foi preso e Jean Rocha de Araguaína Tocantins", informou o secretário Jefferson Portela. 

Dinheiro recuperado

A polícia recuperou até agora cerca de R$ 3 milhões que estavam no prédio; Moradores entraram na agência para tentar pegar as cédulas que ficaram no chão. Após a repercussão, várias pessoas procuraram a polícia para devolver dinheiro subtraído da agência após o assalto.

A ação criminosa

A ação criminosa aconteceu por volta das 21h de domingo (25) e os bandidos estavam fortemente armados. Durante a ação, os criminosos incendiaram viaturas e ainda atacaram o quartel do 15º Batalhão da Polícia Militar e também a Delegacia Regional de Polícia Civil.

A Secretaria de Segurança Pública informou que durante a ação foram deslocadas várias equipes das Polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas. A Polícia informou ainda que está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Equipes de polícia civil e militar estão mobilizadas e foram distribuídas em zonas estratégicas para identificar e capturar os integrantes da organização criminosa. “O trabalho é ininterrupto”, segundo o delegado Carlos Renato.

A polícia recebe apoio de helicóptero do CTA. Todo o comandando de órgãos de Segurança do Estado do Maranhão mudou para Bacabal ontem, dia 26; além do secretário de Segurança Público, Jefferson Portela, o comandante geral da Polícia Militar Coronel Jorge Luongo; Delegado Geral de Polícia Civil, Dr. Leonardo e o chefe do Centro Tático Aéreo (CTA), Coronel Ismael. 
Caminhão abandonado pelos criminosos 
O secretário Jefferson Portela participou de uma coletiva com a imprensa ontem em Bacabal e fez alguns esclarecimentos.

“Vamos caçar esses bandidos, onde estiveram. Não há lugar no mundo pra eles. Vamos buscá-los todos, não ficará um marginal desses de fora. O comando do governador Flavio Dino é de buscarem eles, onde estiverem e assim será feito”, pontuou o secretário durante a entrevista.

Confira mais alguns tópicos abordados por Jefferson Portela

- Nenhuma das agências bancárias da cidade foi atingida por explosões e sim um setor do Banco do Brasil, que faz coleta de dinheiro. O quartel plantão e a central da polícia do município foram atacado por tiro de fuzil.

- O ataque não foi detectado pelos órgãos de inteligência e pegou as forças policiais de surpresa.  

- Os bandidos planejaram estrategicamente toda ação em Bacabal. A polícia já sabe que durante a fuga, os assaltantes trocaram de veículos e se dispensaram em menores grupos para facilitar a fuga.

- Das 07 (sete) pessoas presas por pegar cédulas de dinheiro que ficaram espalhadas pelo chão após o assalto à agência do Banco do Brasil na cidade de Bacabal, na noite deste domingo (25), uma dessas levantou especial atenção da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

Um policial militar do Piauí foi preso com cédulas da agência de Bacabal.

“Nessa condição, foram sete pessoas presas, inclusive um soldado da PM do Piauí, armado no local. Ele será investigado profundamente para saber se só praticou esse ato de querer levar as notas que ficaram caídas ou se ele fez algum trabalho prévio de cobertura para a quadrilha", informou o secretário. 


- A quadrilha tem bases no estado da Bahia e no Tocantins. Um dos presos, Jean, é natural de Araguaína (TO). Um dos assaltantes que morreu é natural de Pinheiro, Maranhão.

- Foi aprendida uma quantidade de munição de grosso calibre, como fuzis evidenciando que os bandidos estavam bem armados.

- A busca pelos bandidos estão concentradas em estrada vicinais da região que engloba São Mateus, Alto Alegre do Maranhão e Coroatá. Força de Seguranças também estão trabalhando em Chapadinha, Vargem Grande, Itapecuru e Caxias.

Quando começou o ataque?

- Jefferson Portela disse que o ataque ao quartel do 15º BPM, delegacia regional, tomada e interdição de pontos estratégico como pontes e entradas da cidade aconteceu precisamente às 21h15 do último domingo (25).

- A polícia trabalha com a informação que o bando tinha aproximadamente 30 integrantes fortemente armados com armas de grosso calibre.

- Jefferson Portela criticou as instituições bancárias que não comunicaram a segurança pública sobre a grande movimentação de dinheiro naquele dia em Bacabal. Segundo o secretário, caso tivessem comunicado, um grande efetivo da polícia teria sido movimentado para garantir a segurança do recurso. “Infelizmente, a polícia não foi informada, mas os bandidos sabiam desse valores”, disse.

Por que não foi usado os helicópteros do CTA?

O secretário explicou que aeronaves do CTA (Comando Tático Aéreo) não foram usadas para combater o bando na noite de domingo (25), em decorrência que os bandidos tinha uma metralhadora .50, que é utilizada para derrubar aeronave. “O helicóptero usa luzes e seria um alvo fácil, então não iriarmos colocar em risco policiais. Nessas operações, o combate é feito por terras”, explicou.

Entenda o caso 

Na madrugada deste domingo (25), uma quadrilha fez de refém toda a cidade de Bacabal, no Maranhão. A invasão começou às 21h e se prolongou durante a madrugada - uma agência do Banco do Brasil foi assaltada, viaturas foram incendiadas, assim como o Batalhão da Policia Militar e a delegacia, atacados.

Informações da polícia indicam que três assaltantes foram mortos durante a troca de tiros, e dois foram presos. A quadrilha trancou a ponte com veículos e ateou fogo neles. Ao fim, fugiram de carro.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informou que várias equipes das Polícias Civil e Militar foram deslocadas para o município e cidades vizinhas.

Com informações da secretaria de Segurança Pública do Maranhão; Blog do Domingos Costa; O Imparcial, TV Difusora de Bacabal.

16 comentários:

  1. 100 milhões kkkkkk exageram legal.

    ResponderExcluir
  2. Carlinhos, eu ouvi comentarios sobre dois elementos dizendo serem de Bacabal e estão na água branca interior de poção de Pedras procurando casa para alugar. Seria bom acionar a polícia pra investigar.

    ResponderExcluir
  3. Eh pra isso.mesmo por quer la funciona como centro de distribuição pra outras cidades !!

    ResponderExcluir
  4. 100 milhões kkkk. Sem noção essa cifra

    ResponderExcluir
  5. 100 É O QUE IRAO COBRAR DO SEGURADORA DO BANCO

    ResponderExcluir
  6. Edimilsonbarbosa99088@gmail27 de novembro de 2018 14:20

    muita grana

    ResponderExcluir
  7. Se o que ficou pelo caminho já é um valor significante imagina o que foi levado pelos assaltantes. Agora pra o banco e a secretária de segurança vale aquela máxima de quem não se comunica se ...

    ResponderExcluir
  8. CHEGA ATE CAUSAR ESPANTO , UMA CIFRA TÃO GRANDE DESTA ,E SEGURANÇA ZERO, NÃO TEM SEGURO PRA VÊ SE NÃO ACABA ESTES ASSALTOS, LOGICO QUE NÃO TEM CONIVENCIAS COM OS BANCOS, UM EXEMPLO, VC TEM UM CARRO E ELE É SEGURADO, VC VAI SE PREOCUPAR QUE O VAGABUNDO ROUBE ELE? CLARO QUE NÃO, ASSIM EU FAÇO , TENHO CARRO, QUERO MESMO É QUE O VAGABUNDO LEVE, DESTE QUE NÃO FAÇA NADA COMIGO E NEM COM MINHA FAMILIA, O SEGURO PAGA A TABELA SE EU FOR VENDER OU TROCAR ELE, QUEREM 30 POR CENTO ABAIXO DA TABELA

    ResponderExcluir
  9. Um celulares de um pobre, q compra parcelado em 12 meses quando e roubado a polícia não vai atrás. Mas cm é dinheiro do governo ele que devolta custas o que custa..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem faz isso pega o que não é seu torna se igual ao #LULADRAO por isso o Nordeste é PT

      Excluir
  10. Bando de ignorantes , vcs acham que a secretaria de segurança publica do Maranhão vai dar informação sem fundamento !!!!???? Se chegaram a cifra de $100 milhões e por que ja fizeram levantamento junto aos bancos, vale lembrar que o dinheiro era tanto que no caminho por onde os bandidos passavam iam caindo maços de dinheiro , que só ai somaram mais de $3 milhões
    Bando de jeca não critiquem nosso trabalho...

    ResponderExcluir
  11. Qual a diferença do assalto ao banco e o assalto do banco?
    R:legalidade.

    ResponderExcluir
  12. Qual a diferença do assalto ao banco e o assalto do banco?
    R:legalidade.

    ResponderExcluir
  13. O Banco assalta os seus clientes todo dia, e ninguém fala nada.

    ResponderExcluir
  14. Carlinhos meu filho vms atualizar as notícias , a polícia nesse momento está em lago do Junco no povoado pote no encalço de bandidos , se liga meu fi vm atualizar as notícias

    ResponderExcluir
  15. verdd toda hora a gente visualiza o blog pra v noticias sobre esse caso e nao sai nada e o polícia no encaixe dos bandidos

    ResponderExcluir