quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Homem que assassinou idoso em motel vai a júri popular em Pedreiras


Caso aconteceu outubro de 2017 no motel do Inácio, localizado no centro da cidade de Pedreiras. O réu confesso aguarda o julgamento preso.

Luciano Luan Santos Lopes, de 21 anos, acusado de assassinar Raimundo Amourão da Silva, 78 anos, após encontrá-lo em companhia da esposa, Thaylla Pathelly Pereira da Silva, em motel, vai a júri popular na manhã desta quarta-feira (07) em Pedreiras (MA).

O crime aconteceu em outubro de 2017 e o acusado aguarda o julgamento preso. O advogado que defende Luciano disse que não vai informar a estratégia de defesa antes do julgamento.
Reportagem da TV Rio Flores

O júri popular está marcado para às 9h, no Fórum de Pedreiras. Familiares do idoso acompanham o julgamento e cobram a condenação do acusado, pelo crime.

A juíza Larissa Tupinambá Castro preside o júri popular e informou que Luciano será julgado pelos dois casos hoje.

“Os dois casos serão julgados juntos, o homicídio do idoso e a tentativa de homicídio praticado contra a mulher, que foi arrastada despida pelas ruas de Pedreiras naquela ocasião”, informou a magistrada da 3ª Vara da Comarca de Pedreiras.

O Ministério Público será representado pela promotora Marina Carneiro.
Após matar o idoso, Luciano arrastou a ex-companheira pelas ruas de Pedreiras 

Entenda o caso

No dia 05/10/2017, por volta das 10h30min, o indivíduo Luciano Luan Santos Lopes, então com 20 anos, tomou conhecimento através de amigos que sua ex-companheira, Thaylla Pathelly Pereira da Silva estaria no “Motel do Inácio’, situado na Travessa Maneco Rego, centro, Pedreiras/MA, acompanhado de outro indivíduo, e foi ao local.

Invadiu o quarto do motel e constatou o fato. Luciano passou a agredir o idoso Raimundo Amourão da Silva, 78 anos, com socos e chutes, além de bater com a cabeça dele na parede, levando-o a morte.

Após matar o idoso de forma brutal, Luciano agarrou Thaylla pelos braços e a ‘arrastou’ por algumas ruas da cidade, completamente despida; no percurso ele continuou as agressões com socos na cabeça.

Após a chegada de populares o autor abandonou a vítima e empreendeu fuga. Imediatamente a Polícia Civil de Pedreiras começou a realizar diligências no sentido de localizar e prender o autor do crime.

Por volta das 12 horas, uma equipe da 14 ª Delegacia Regional de  Pedreiras conseguiu informações de que o Luciano estava escondido em um sítio no Bairro São Benedito, já nas proximidades do Povoado Olho D´água,  Pedreiras.

Ao chegar ao local, a polícia efetuou a prisão em flagrante delito de Luciano.

O autor foi preso e autuado em flagrante delito na 14ª pelos crimes previstos nos art. 121, §2, IV e art. 129, §1, II e §10, todo do Código Penal Brasileiro c/c Lei Maria da Penha.

Vídeos e fotos da época dos crimes 






Movimentação de curiosos em frente ao motel do Seu Inácio, região central de Pedreiras 


Quarto onde aconteceu o crime









7 comentários:

  1. Oi, Carlinhos, manda notícias para nós do Julgamento, é interessante.

    ResponderExcluir
  2. é nada justifica o que esse cara vez, mas nossa justiça é brincadeira viu , a mulher tem participação no crime quando ela tem seu companheiro é sai de casa pra fazer programa com idosos tendo seu marido ela sabia o que poderia acontecer como aconteceu é pra ver ela depois do que aconteceu ela continua do mesmo modo ferrando os idosos é ainda tira onda do que aconteceu na situação passada é essa mulher ainda sair como a principal vítima do acontecido é brincadeira,só quem se ferrou foi o idoso e ela o pivor disso tudo tá aí zombando do acontecido é difícil entender as vezes como a justiça é injusta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A grande vítima foi o idoso,que teve a vida seifada de uma forma brutal por esse corno consciente,O júri popular absorveu esse assassino!

      Excluir
  3. Espero que seja condenado por uns 25 ou mais PR deixa de ser otário.

    ResponderExcluir