quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Estudantes de Lago dos Rodrigues denunciam abandono da reforma de escola estadual

Com aproximação do início do ano letivo, os alunos de ensino médio temem serem alocados em escolas de outros municípios ou perderem o ano por falta da escola 
Obra de reforma de escola estadual paralisada em Lago dos Rodrigues 

A reforma da escola Centro de Ensino Hosano Gomes Ferreira II, localizada na Rua Frei José em Lago dos Rodrigues, está paralisada há meses. Trata-se de uma obra estadual que foi abandonada e ninguém presta explicações. A denúncia de tamanho descaso foi feita pelos próprios alunos, que preocupados com o risco de perder o ano letivo, encaminharam as informações para este Blog.

A obra começou já na metade do ano passado (2018). Desde então, o prazo de entrega, que era até julho, já passou.

Durante toda esse tempo, os alunos da instituição se esforçam para obter respostas, porém, o Governo do Estado, através da Seduc (Secretaria de Estado da Educação) forneceu uma nota justificando a paralisação da obra.

Fachada da escola C.E. Hosano Gomes Ferreira II 

Continua...


Em 2018, antes da reforma ser abandonada, os alunos foram transferidos temporariamente para um outro prédio do município. No local, todos foram obrigados a estudar no período noturno.

Porém, em 2019 não será possível transferi-los para o mesmo prédio, e aparentemente não há mais espaço na cidade. Caso a reforma do C. E.Hosano Gomes Ferreira II de Lago dos Rodrgues não seja concluído, os estudantes do ensino médico poderão ser alocados em escolas de municípios vizinhos. Essa lamentável situação quebra todo o protocolo combinado antes.

Preocupados com a situação delicada, os alunos do Centro de Ensino Hosano Gomes Ferreira II têm medo de ficarem automaticamente reprovados, pois caso fiquem sem espaço, poderão encarar irregularidades para compensar o ano letivo perdido.  

Meses depois, esse continua sendo o estado da escola




10 comentários:

  1. Iludiram tanto os alunos com essa reforma a ponto de fingir preocupação com o estabelecimento e no final nem ligarem mais pra nada

    ResponderExcluir
  2. Os estudantes devem denunciar o caso ao Ministério Público, em Lago da Pedra.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, a obra teve início em meados de agosto, com previsão de término em três meses,e para o transtorno geral, esse é, aproximadamente, o período em o serviço está paralisado. É a maldita burocracia que penaliza o povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, a reforma começou em meados de agosto. Sendo que o prazo estipulado para a conclusão seria três meses, prazo esse que não foi cumprido. E o que pior: o serviço está paralisado há vários meses. Os motivos a população desconhece. Um descaso total. Provavelmente, a razão desse desrespeito para com os alunos seja a maldita burocracia, que infelizmente engessa o Brasil e penaliza o povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  5. Na verdade, essa reforma teve início em meados de agosto, sendo que a mesma tinha prazo estipulado de três meses para a conclusão. No entanto, o trabalho só transcorreu normalmente aproximadamente por um mês. Lamentavelmente, já são quase quatro meses de paralisação. Um total descaso, um desrespeito para com os alunos. As razões de tal absurdo? A população desconhece, apenas sofre com o que, tudo indica ser mais um entrave causado pela maldita burocracia que engessa o Brasil e pelaliza o sofrido povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  6. Na verdade, essa reforma teve início em meados de agosto, sendo que a mesma tinha prazo estipulado de três meses para a conclusão. No entanto, o trabalho só transcorreu normalmente aproximadamente por um mês. Lamentavelmente, já são quase quatro meses de paralisação. Um total descaso, um desrespeito para com os alunos. As razões de tal absurdo? A população desconhece, apenas sofre com o que, tudo indica ser mais um entrave causado pela maldita burocracia que engessa o Brasil e pelaliza o sofrido povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  7. Esse é o governador do povo rodriguense...

    ResponderExcluir
  8. Esse é o governo que más de 50% dos maranhenses elegeu outra vez isso é um descasso, com todos os alunos .

    ResponderExcluir
  9. Negócio tá feio menino. Kkkkk.é a crise... Crise tá afetando a todos até os políticos será?
    Senhor josélio paz tá vendendo a sua casa de apoio de São Luís, tá falido.tem que vender pra pagar as contas rsrs

    ResponderExcluir