terça-feira, 28 de novembro de 2017

Polícia Civil procura por Dudu Moita

Dudu Moita, em fotos registrada no dia 30.10 na DP de Pedreiras 
O Delegado Dr. Lucas Smith, titular da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras (MA), comunicou na manhã desta terça-feira (28), que Anderson dos Reis Moita, 39 anos, mais conhecido pelo apelido de “Dudu Moita”, que matou o fotógrafo Helton, com dois tiros no rosto, é foragido da justiça.

O em coletiva de imprensa para três TVs de Pedreiras, Dr. Lucas Smith forneceu detalhes da investigação e apresentou imagens do foragido da justiça.

Helton morreu na manhã de sábado (28.10.2017),  após se envolver em uma discussão com Dudu Moita no povoado Cariri. O autor do homicídio chegou a se apresentar a 14ª DRPC, acompanhado por um advogado, já fora do flagrante. Após ser ouvido, ele foi liberado. ( reveja ).
Helton, morto dentro de casa 
O fato de Dudu Moita não ter sido preso, após seu depoimento, gerou revolta na comunidade da Barraquinha e em grupos da rede social. No entanto, ele não poderia ser preso, porque naquele momento ainda não havia mandado de prisão autorizado pela justiça contra o mesmo.

De acordo com informações oficiais da polícia civil, no dia seguinte ao depoimento de Dudu Moita,  o Delegado Regional solicitou sua prisão preventiva à Justiça. Portanto, há várias semanas que ele é procurado pela polícia.

Em que pese às críticas da população, a Polícia Civil nunca parou de procurar por Dudu Moita. A família da vítima estava informada das operações da polícia. 

Ainda hoje, o blog vai apresentar detalhes da entrevista com o Delegado Geral e uma nota da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras sobre o caso. 

Mais informações 

Homem é assassinado a tiros dentro de casa no povoado Barraquinha, em Lago dos Rodrigues neste sábado

Dudu Moita, acusado de matar Helton da Barraquinha, negocia sua apresentação à polícia

13 comentários:

  1. Gente, vamos ajudar a policia e denunciar esse sujeito. Estou a procura dele, vou denunciar

    ResponderExcluir
  2. Até q e enfim estão fazendo alguma coisa.
    Q a justiça seja feita!
    Não consigo entender como um vagabundo desse está solto.
    Tem q prender os comparsas dele tbm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazendo o que? Até onde sei o criminoso se apresentou quando passou o flagrante e a polícia deixou ele sair como se fosse cidadão de bem. É por isso que as coisas no Brasil não funcionam a começar pela justiça.

      Excluir
    2. Meu amigo, a polícia só permitiu que ele saísse após a apresentação espontânea pq é isso que a lei obriga a eles. Se está insatisfeito reclama com quem faz as leis e não com quem as cumpre. Eles são reféns dessas leis bizarras que protegem bandidos

      Excluir
  3. se eu ver ele passo o açu. vai descer nas cordas

    ResponderExcluir
  4. Muito covarde a atitude desse sujeito! Crime covarde. Que a justiça seja feita! Deus não dorme! Ele vai pagar porque Deus é justo e fiel.

    ResponderExcluir
  5. COVARDE E COVARDIA.

    COVARDE, COVARDE.

    ResponderExcluir
  6. isto nos lábios dele, foi ele mordeno a orelha da vitima

    ResponderExcluir
  7. Não encontram porque não querem ,se lascou quem morreu...

    ResponderExcluir
  8. Brasil sempre será um Pais de injustiça

    ResponderExcluir
  9. Que a justiça seja feita.

    ResponderExcluir
  10. Bota no Facebook, em meia hora o mundo ver ele. E fica sabendo. Vou espalha para o Pará inteiro

    ResponderExcluir
  11. Ele não vai se esconder por muito tempo.

    ResponderExcluir