quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

DMT de Pedreiras orienta população a denunciar mototaxistas piratas


A circulação dos "piratas" continua sendo um incomodo sério para a classe dos mototaxistas de Pedreiras. De acordo com informações do Departamento Municipal de Trânsito Urbano do município, existem aproximadamente 13 indivíduos atuando irregularmente nas ruas da cidade.

Os mototaxistas piratas (ou fantasmas) atuam com coletes falsos, normalmente clonados ou cedidos de maneira informal por um mototaxista regularizado. Quando esse processo ocorre, o pirata atua sob o nome falso de um membro devidamente cadastrado da classe. 

Nos últimos dias, o Departamento Municipal de Trânsito vem coletando relatos desses condutores irregulares, na tentativa de encaminhar o caso à polícia e recolher os coletes clonados. O órgão orienta os cidadãos a escolherem mototaxistas que estejam com o colete padronizado da cooperativa.
Entrevista da TV Ouro Vivo com o Coordenador do DMT de Pedreiras

Trizidela do Vale

Já no município vizinho, as ações para acabar com as irregularidades no tráfego também estão sendo intensificadas. No dia 1 de fevereiro, o DMT de Trizidela do Vale organizou uma reunião com os mototaxistas para discutir a regularização da classe, uma vez que também há casos de mototaxistas clandestinos na região. 

3 comentários:

  1. Todos precisam trabalhar......tem que denunciar é a quantidade grande de ladrão na cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas para trabalhar tem que ser regularizado.
      Uma pessoa sem CNH sequer pode pilotar uma moto ou dirigir um carro sem colocar em risco a vida de outros.

      Excluir
  2. Tinha que coebir era as promessas não comprida de Esperantinópolis

    ResponderExcluir