segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Homem de Trizidela do Vale esfaqueia jovem em briga motivada por ciúmes em Minas Gerais

Joilson Cardoso Borges, de 36 anos, acusado de matar o jovem alagoano Marcelo da Silva
Um jovem de 25 anos identificado como Marcelo da Silva foi esfaqueado no final da tarde do último domingo (10), no município de Guarda dos Ferreiros, em Minas Gerais. O autor do crime, Joilson Cardoso Borges, vulgo “Índio”, é natural de Trizidela do Vale.

Os dois homens estavam num estabelecimento conhecido como Bar da Loira. Alcoolizados, eles começaram a discutir e se agredir fisicamente. Segundo testemunhas, Índio tinha ciúmes da dona do Bar, e o crime ocorreu por motivos passionais.

Após coletar informações e realizar buscas, os policiais militares localizaram o trizidelense às margens da BR-354. Ao perceber a presença da PM, o homem tentou esconder a faca num matagal próximo.

Em sua defesa, o acusado afirmou que apenas se defendeu de um soco que havia levado de Marcelo. Ele ainda negou que tivesse desferido golpes, dizendo que, por estar embriagada, a vítima teria se desequilibrado e caído em cima da faca que Índio empunhava, sofrendo os ferimentos. 

Com lesões graves no tórax e no abdômen, Marcelo foi socorrido por uma ambulância que o levou até o pronto socorro de São Gotardo (MG). Ele não resistiu aos golpes de faca e morreu.

Um outro maranhense identificado como Raimundo Nonato Ribeiro da Cruz, de 31 anos, natural de Codó, também foi preso por envolvimento na briga. Os dois acusados se encontram no quartel da PM de São Gotardo.

Raimundo Nonato Ribeiro, o outro suspeito de ter participado da briga que resultou na morte de Marcelo
Dupla é presa por suspeita de envolvimento em homicídio no distrito de Guarda de Ferreiros
Faca utilizada por Índio

Um comentário:

  1. Por causa desses noiados que arrumam confusão, que os mineiros tem preconceito com os nordestinos

    ResponderExcluir