sexta-feira, 31 de maio de 2019

Apenas três vereadores de Esperantinópolis, da legislatura de 2013-2016, não foram convocados para depor na Operação Cidade Limpa

Gilson Vieira, Gordo Vieira e Kleber Branco não foram citados e estão de fora das investigações

Ontem (30), vários vereadores e ex-vereadores que exerceram mandatos na legislatura de 2013-2016, na Câmara Municipal de Esperantinópolis (MA), foram ouvidos pelo Ministério Público (GAECO), sobre supostos envolvimentos nos crimes investigados na Operação Cidade Limpa. A operação chegou a prender o ex-prefeito Dr. Raimundinho e mais duas pessoas, na manhã da última quarta (29).

Entre os 11 parlamentares da Legislatura de 2013-2016, da Câmara Municipal de Esperantinópolis, somente três vereadores não foram convocados para depor na sede da Promotoria de Esperantinópolis: Gordo Vieira, Kleber Branco e Gilson Vieira. Não foram encontrados nenhum indícios contra eles.

Já os demais, Chico Jovita, Lula, Sinaldo, Risomar, Braqueara, Francinaldo e Chiquinho Boa Vontade, foram chamados para prestar depoimentos. Segundo informações, esses estão na mira das investigações e têm que se explicar para a justiça. "Não quer dizer que todos são culpados de algum ilícito, mas o MP quer explicações sobre detalhes que surgiram com os nomes deles durante as investigações", comentou uma autoridade que participa da operação. 

Os três presos na Operação Cidade Lima, em Esperantinópolis, Bacabal e Imperatriz, foram soltos nesta madrugada, através de Habeas Corpus.

6 comentários:

  1. Grande homens esse três ortaqui.

    ResponderExcluir
  2. Que a justiça seja feita!

    ResponderExcluir
  3. bateu na trave em kleber....kkkkk

    ResponderExcluir
  4. É bom limpar a cidade mesmo 👏👏ESPERANTINÓPOLIS , TERRA DE ESPERANÇA AVANTE MINISTÉRIO PÚBLICO

    ResponderExcluir
  5. Tem muito é ladrão aí. E esse mesmo esquema estava ocorrendo com o atual prefeito. Esse é que tem muito o que prestar conta.

    ResponderExcluir