quinta-feira, 13 de junho de 2019

Jovem de 21 anos é preso por descumprir medida protetiva em Trizidela do Vale

Francisco Fernandes durante entrevista à imprensa local
Com os pés e mãos algemados, o jovem Francisco Fernandes, de 21 anos, foi levado à Delegacia Regional de Pedreiras acusado de violar um pedido de medida protetiva na última sexta (7). A suposta vítima do caso foi sua companheira.

Perguntado sobre o descumprimento, ele nega qualquer crime, afirmando que nem sequer sabia que o acordo de proteção existia. "Eu não sabia que tinha essa medida protetiva. Nem a mulher e nem ninguém nunca me avisaram sobre isso. Também nunca recebi nenhum documento", afirmou o jovem

Com 10 meses de relacionamento, Francisco informou que possui uma história conturbada com a companheira. No último dia 17 de maio, ela registrou um B.O. na delegacia acusando o jovem de agressão. Após essa data, os dois voltaram a morar juntos. "Ela quis que a gente morasse junto de novo. Só que ela começou a me chifrar, mas eu, abestado, fui. Ontem ela veio com essa medida protetiva aí", disse Francisco. 

"Eu nunca bati nela, nem trisquei, nem xinguei. A discussão começou porque mandei ela nunca tocar o nome da minha ex-mulher dentro de casa, assim como não queria que ela tocasse no nome do ex-marido. Começamos a discutir por causa disso, mas não aconteceu nada", continuou. 

Passagem pela polícia

Francisco confessou durante a entrevista ao repórter Jorge Henrique (Tv Ouro Vivo) que tem passagem pela polícia. Segundo ele, seu nome foi colocado por engano como comparsa em uma caso de furto de motocicleta, cujo autor era o irmão.

Confira a entrevista na íntegra:


2 comentários:

  1. O rapaz disse: "Eu não sabia que tinha essa medida protetiva. Nem a mulher e nem ninguém nunca me avisaram sobre isso. Também nunca recebi nenhum documento". Eu acredito nele 100%. Agora, sobre a água com açúcar, desculpa, lei Maria da Penha, só serve para aumentar a burocracia estatal. Nesta data 13/06 foi absolvido (por júri popular) um cidadão (é assim que deve ser chamado para não ser preso) que atirou na cabeça da ex esposa, depois de sequestro e cárcere privado, etc. Caso isolado? Não.

    ResponderExcluir
  2. ESSE AI DA QUESTAO BATE NA MULHER Q ESTREMESSE AGORA TA AI NA REPORTAGEM DANDO UM DE SANTO KKK CADEIA NELE PRA APRENDER SE ELA DEIXAR NÉ PORQ ELA JA TA ACOSTUMADA

    ResponderExcluir