terça-feira, 25 de junho de 2019

Policiais civis do Maranhão protestam por melhores condições de trabalho

Além dos policiais civis, os vigilantes que prestam serviço para a Secretaria de Segurança Pública também fizeram manifestação na manhã desta terça-feira.
Policiais civis protestam no Maranhão em frente a Delegacia Geral 
Policiais civis fazem protesto desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (25) em frente ao prédio da Delegacia Geral, na Avenida Vitorino Freire, na Praia Grande, em São Luís. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol), a manifestação atende a duas pautas, uma nacional e outra estadual.

No protesto, os policiais colocarem cruzes na calçada da Delegacia Geral em alusão aos policiais civis mortos durante a gestão do governador Flávio Dino. "Mais de 40 policiais civis faleceram nesse governo sem a valorização prometida", diz sindicato. Depois das 11h30, os policiais saíram em passeata até o Palácio dos Leões, sede do governo.


Na pauta estadual, o sindicato cobra do governo melhores condições no ambiente de trabalho, pedindo o aumento do efetivo, o fim do desvio de função em alguns casos, além de reposição inflacionária, reajuste salarial, progressões na carreira e pagamento de diárias e horas-extras.

No âmbito nacional, a reclamação atende a uma convocação da Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis) e protesta contra a reforma da Previdência. Nesta demanda, os policiais civis têm o apoio de policiais federais e rodoviários federais.

Mais protestos
Outra manifestação, também nesta terça-feira (25), é da categoria dos vigilantes. Neste caso, a concentração foi na porta da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Outeiro da Cruz. A reclamação é por atraso de salários de terceirizados de uma empresa de vigilância patrimonial que presta serviço para a SSP.

Os funcionários reclamam de dois meses de atraso e a empresa reclama da falta de repasse de verba há cerca de cinco meses por parte do governo. Desde o fim de semana, os vigilantes não estão nos postos de trabalho, deixando sem vigilância delegacias e superintendências ligadas a segurança pública.

Fonte: G1

7 comentários:

  1. Governador Flávio Dino você Governador na área da segurança você é um dos piores Governo que já administrou o no Maranhão as Delegacias do Maranhão só com um UO dois investigadores da polícia Civil exemplo a cidade de Lago da Pedra com uma população aproximadamente 50 mil habitantes só conta com Dois policiais Civil no Geral isso é uma vergonha para a sociedade que precisa do trabalho da polícia Civil na cidade

    ResponderExcluir
  2. A população do Estado do Maranhão sofre com a falta de policiais Civil nas Delegacia é a cidade de Lago da Pedra eu delas só Dois policiais Civil na cidade de Lago da Pedra com uma população de 50 mil habitantes

    ResponderExcluir
  3. A população do Estado do Maranhão sofre com a falta de policiais Civil nas Delegacia é a cidade de Lago da Pedra eu delas só Dois policiais Civil na cidade de Lago da Pedra com uma população de 50 mil habitantes

    ResponderExcluir
  4. A população do Estado do Maranhão sofre com a falta de policiais Civil nas Delegacia é a cidade de Lago da Pedra eu delas só Dois policiais Civil na cidade de Lago da Pedra com uma população de 50 mil habitantes

    ResponderExcluir
  5. Vixi Lago da Pedra tá feia em só conta com Dois policiais Civil uma cidade com 50 mil habitantes

    ResponderExcluir
  6. Não importa a quantidade, mas a qualidade. Nem um, nem outro.

    ResponderExcluir
  7. Para selecionar os casos de furto Roubos é homicídios precisa de quantidade ou seja precisa do almento efetivo da polícia Civil na cidade de Lago da Pedra

    ResponderExcluir