domingo, 21 de julho de 2019

Bolsonaro diz que fala sobre governadores de ‘paraíba’ foi crítica a Dino e Azevêdo


 Por G1 — Brasília

‘Vivem me esculhambando’, afirmou Bolsonaro sobre os governadores do Maranhão e da Paraíba. Uso de termo pejorativo provocou reação de governadores nordestinos.
Bolsonaro sobre governadores do Nordeste: 'foi uma crítica de três segundos'
O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (20) que a fala sobre governadores de “paraíba” foi uma “crítica” aos governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e da Paraíba, João Azevêdo (PSB), “nada mais além disso”.

Na última sexta-feira (19), durante uma conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil), antes de um café com jornalistas, Bolsonaro afirmou que daqueles “governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara”.

A conversa foi registrada pela TV Brasil e viralizou nas redes sociais na tarde de sexta-feira.

O uso de um termo pejorativo para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região, que manifestaram "espanto e profunda indignação".

Neste sábado, durante entrevista a jornalistas em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro foi questionado sobre a declaração. Ele disse que foi "uma crítica em 3 segundos" e que a imprensa "fez uma festa" com a declaração.

“Eu fiz uma crítica ao governador do Maranhão e da Paraíba. Vivem me esculhambando. Obras federais que vão para lá, eles dizem que é deles. Não são deles, são do povo. A crítica foi a esses dois governadores, nada mais além disso”, disse o presidente.

Bolsonaro acrescentou que os governadores do Nordeste “são unidos” e têm a mesma ideologia. “Perderam as eleições e tentam o tempo todo, através da desinformação, manipular eleitores nordestinos”, declarou.

Em uma rede social, Flávio Dino disse que neste sábado o presidente da República tentou "dissimular grave preconceito regional". O maranhense disse lamentar a atitude de Bolsonaro.

"Hoje o presidente da República reiterou agressões pessoais contra mim e o governador da Paraíba, tentando dissimular grave preconceito regional. Seria mais digno ter se desculpado. Mas o ódio impede um gesto de respeito e grandeza. Lamento muito. 'Amanhã há de ser outro dia'", afirmou.

Governadores do Nordeste rebatem declaração de Bolsonaro em carta aberta

Reação

Governadores do Nordeste divulgaram uma carta em que cobram explicações do presidente. Eles afirmaram ter recebido "com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional". O comunicado conclui: "Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia".

Os governadores do Maranhão e da Paraíba também se manifestaram nas redes sociais. "Como conheço a Constituição e as leis do Brasil, irei continuar a dialogar respeitosamente com as autoridades do governo federal e a colaborar administrativamente no que for possível. Eu respeito os princípios da legalidade e impessoalidade (artigo 37 da Constituição)", disse Flávio Dino.

João Azevêdo disse condenar "qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes. A Paraíba e seu povo, assim como o Maranhão e os demais estados brasileiros, existem e precisam da atenção do governo federal independentemente das diferenças políticas existentes. Estaremos, neste sentido, sempre dispostos a manter as bases das relações institucionais junto aos entes federativos, vigilantes à garantia de tudo aquilo a que tem direito".

Neste sábado, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), também comentou o assunto.

“Não ao preconceito ao Nordeste e ao nosso povo. Respeito, federação e democracia são conceitos amplos que não combinam com a visão pequena, mesquinha", escreveu o emedebista em uma rede social.

21 comentários:

  1. Esse bosobosta é um jumento

    ResponderExcluir
  2. Quando um governo sem compromisso não têm mostrado trabalho fica tirando a atenção do povo com brigas na net todo mês ele faz isso ja tamos no 7 mês sem mostrar pra q veio só promessa.

    ResponderExcluir
  3. Ele falow dos governadores e nada mas
    Aí fica os abestados querendo aparecer,pode olhar qui nem um deles mora no Nordeste

    ResponderExcluir
  4. Esse gosta é uma bosta

    ResponderExcluir
  5. Esse gosta é uma bosta

    ResponderExcluir
  6. Faltou ele citar também o governador do Ceará

    ResponderExcluir
  7. Calma pessoal, o nosso presidente Paulo Guedes já está tentando contornar esse incidente que Bolsonaro falou.

    ResponderExcluir
  8. Esse alienado não gosta de nordestinos
    Simples assim, esse linguajar Paraíba, é preconceito, tirando sarro do nosso povo.

    ResponderExcluir
  9. Essa imaturidade do nosso presidente é inaceitável.Um sexagenário, que já serviu ao exército, que já foi parlamentar por 30 anos, e agora presidente, deveria ter um comportamento conforme o padrão exigido para o cargo.

    ResponderExcluir
  10. Só falou a verdade esse Flávio Dino há muito tempo deixou de ser governador o cara passa o tempo todo procurando brechas na lei pra soltar lula ultimamente ele só trabalha pro partido dos PTralhas esperando que eles o apoiem para candidato a presidente fez aliança com aquele que ele chamava de câncer do Maranhão os Sarney portanto ainda não governou para o estado só para os PTralhas canalhas chega de canalhas no poder chega de impunidade.

    ResponderExcluir
  11. Esse ai bozzo e um inguinorate..nao respeita o povo.. Do nordeste..nos respeita bozzo de merda..

    ResponderExcluir
  12. Todos os políticos PTralhas são canalhas essa é a verdade

    ResponderExcluir
  13. Em vitoria da conquista estar sendo inaugurado um aeroporto, e o jumento bolsonaro proibiu o avião do governador Rui Costa pousar na inauguração, só o presidencial pode pousar primeiro, alguém tem que parar esse animal, esse jegue tem que governar o país, não ficar igual rapariga brigando por qualquer merda, esse abestado merece um chute no traseiro, tô com vergonha de morar num país governado por um jumento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TEM QUE RESPEITAR A HIERARQUIA, GOVERNADOR É MENOR QUE PRESIDENTE NESSA ORDEM, PORTANTO PRESIDENTE ESTA CERTO. NA VERDADE ESSES GOVERNADORES QUEREM MESMO É BATER DE FRENTE COM O PRESIDENTE, POIS VÃO TER O QUE MERECEM BANDO DE GOVERNADORES BURROS, TUDO ISSO POR CONTA DE POLITICAGEM PARTIDÁRIA, VÃO TOMAR ONDE AS PATAS TOMAM! PRINCIPALMENTE ESSE FLAVIO DINO QUE SO PRESTA PRA FALAR MERDA E AFRONTAR O LÍDER MAIOR DA NAÇÃO.

      Excluir
    2. Mais burro do que esse presidente tá pra nascer

      Excluir
  14. Dino não ganha mais nem pra porteiro de cabaré podem acreditar depois de se juntar ao câncer Sarney essa dupla perde em tudo que disputar

    ResponderExcluir
  15. Tô com vergonha desse presidente, por onde vai, só faz palhaçada, parece um muleque e não um presidente, não botou um centavo na construção do aeroporto em vitoria da conquista Bahia, e vai pra lá fazer a inauguração, pra mim não passa de um palhaço, não tem vergonha na cara.

    ResponderExcluir