sábado, 6 de julho de 2019

ELEIÇÕES SINPROESEMMA EM LAGO DA PEDRA: Entrevista com a candidata Klênia Marcela



A eleição sindical do SINPROESEMMA (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Maranhão), núcleo de Lago da Pedra, definirá a escolha dos representantes da classe educacional no triênio 2019/2022.  

Em entrevista ao Blog do Gmix, a candidata da chapa 2, Klênia Marcela, apresentou os seus planos para a Coordenação Geral da entidade, desenvolvendo também suas propostas sobre o desenvolvimento do sindicato aos associados, a devolução da Sede Social do SINPROESSEMA para os sócios e sobre a prestação de contas mensais. Segue abaixo a entrevista:

1-Por que se candidatar a Coordenação Geral do SINPROESEMMA

Bom, sou Professora, sou concursada há 8 anos e sócia do núcleo do Sinproesemma há 3 anos. Desde que me sindicalizei, sempre participei ativamente na busca dos nossos direitos. Como Professora, fui participando dessas lutas junto a todos, então pude perceber que um bom número de sócios não acreditavam e não tinham mais confiança na instituição, e que hoje, depois desta atual coordenação que está aí há 12 anos, gostariam de ver mudanças em muitos aspectos da gestão do sindicato núcleo de Lago da Pedra.

Percebendo eles a minha luta ao lado de todos, recebi o convite para encabeçar a chapa 2, entitulada de "É Hora de Mudar", mas esta chapa não é a professora Marcela sozinha, esta chapa é um grupo, eu apenas estou encabeçando, mas como sou candidata à coordenadora, vou lhe dizer: o que me moveu a participar desta eleição foi a luta em defesa dos nossos direitos, em defesa do direito dos trabalhadores da educação como as zeladoras, vigias, motoristas, secretários, merendeiros, professores e técnico. Lutar pelos direitos de cada trabalhador em educação é uma luta nossa.

2-Você sabe o número aproximado de associados?

De acordo com a relação de aptos a votarem, hoje nós temos 743 associados

3-Você tem ideia aproximada da renda do pagamento dos associados?

Bom, o acesso a dados reais da contribuição financeira dos sócios, da receita real do núcleo, nós não temos acesso. Por que? Nós como sócios já emitimos requerimentos solicitando prestações de conta, relatórios, mas não temos tido acesso.

A atual coordenação se nega a fazer as prestações de conta, então nós associados não temos no momento dados precisos . Vou fazer para você aqui uma estimativa, de acordo com comentários até mesmo da atual coordenação do núcleo, estima-se que hoje seja 14.200 e alguma coisa, mas temos que levar em conta que são dados fornecidos oralmente, nada comprovado de fato. Vou findar aqui fazendo uma pergunta para os sócios: por que uma pessoa , representante de uma classe, ignora o requerimento que pede prestações de contas?

4-Quem compõe a Chapa 2 "É Hora de Mudar"? 

A Chapa 2, "É Hora de Mudar", é composta por 7 candidatos a coordenadores titulares e 2 Suplentes.  Vou apresentá-los aqui.

*Prof. Klenia Marcela (Candidata a Coordenadora Geral); 
*Prof. Edvan Silva (Candidato a Vice Coordenador); 
*Prof. Antonio Alves (Candidato a Secretário Geral); 
*Prof. Perla S Ferreira (Candidata a Secretária de Finanças); 
*Prof. Raimunda Cruz (Candidata a Secretária de Imprensa); 
*Prof. Estergnon (Candidato a Secretário de Formação Sindical); 
*Maria Lindalva (Secretária de Servidores Técnicos e de Apoio, representando os trabalhadores em educação dos 40%); 
*Prof. Emília Ferreira (Candidata a Suplência); 
*Antônia Vieira (Representante dos Trabalhadores dos 40%)

5-Contratados vão poder votar ou só concursados? 

De acordo com o regimento, os contratados não votarão. Não são associados, se não são, não há recolhimento de receita.

6-Onde e como ocorrerá a votação? 

De acordo com o regimento eleitoral, a votação ocorrerá na cidade de Lago da Pedra (sede) e nos seus respectivos interiores: Lagoa Seca; Sindô I; Três Lagos; Centro do Agostinho, Santa Tereza. 

A data está prevista para o dia 10 de Julho de 2019. Na sede ficará uma urna na Câmara de Vereadores, já nos interiores citados serão 5 urnas itinerantes.

7-A associada Klênia Marcela votaria em Klênia Marcela?

A associada Klênia Marcela votaria na Chapa 2, porque o grupo é formado por trabalhadores em educação da rede  municipal, estadual. Tem o pessoal dos 60%, dos 40%, é formada por pessoas ligadas aos diversos segmentos políticos de nossa cidade, o que lhe confere uma representatividade plural e o compromisso em construir uma agenda ampla, onde todos terão vez, voz e poder de decisão. Finalizo dizendo: a Chapa 2, não é a Marcela, mas um grupo formado por 7  candidatos titulares e 2 candidatos suplentes, totalizado um total de 9 membros.

8-Por que a associada Klênia Marcela não votaria na Chapa 1?

A Sócia Marcela respeita o perfil de todos os componentes da Chapa 1, mas eu não votaria na chapa 1. O que é que a sócia Marcela defende?  O grupo que representa a Chapa 2, na qual também faço parte, defende princípios democráticos, participação de todos, transparência , defende prestações de conta, defende os interesses de todos os trabalhadores da educação, em todos os aspectos. Esses são os princípios da sócia Marcela, que não vota na Chapa 1, respeita, mas não vota. Isso porque  considero que a chapa 2 não está querendo ganhar as eleições para fazer conchavos, nem passar 12 ano sem prestar contas e fazer relatórios, as nossas propostas pregam a mudança, e nesse momento eu estou pela mudança. 

9-Por que votar em Klênia Marcela?

Klênia Marcela é professora do município, Sócia do Sinproesemma há três anos, e nesse momento coaduna interesses de vários associado que querem mudanças. A professora e associada Klênia Marcela sempre lutou aqui, ali, acolá, sempre em defesa dos direitos coletivos dos trabalhadores. Eu estou com uma equipe formada, que não representa a Marcela, mas todos os trabalhadores em educação.

10-Por que alguns consideram você uma pessoa polêmica?

É a coisa mais natural que existe. E todos nessa vida, em certos momentos já discordaram de algo, já abraçou uma ideia, já defenderam um argumento, um ponto de vista etc. As pessoas que assim fazem, acabam recebendo este adjetivo de "polêmico", e ele é bom. 

O sentido literal da palavra no dicionário diz respeito a divergir de algo no plano das ideias , e divergir de algo é importante para o crescimento do conhecimento, nas relações políticas é mais essencial ainda, pois contribui para o amadurecimento de ideias, para conseguir chegar, quem sabe, a um meio termo, às ponderações. Acredito que muitos interpretam a palavra com um sentido pejorativo, mas é só uma questão de interpretação.

2 comentários:

  1. Porquê não colocaram pelo menos uma foto dessa Clenia?

    ResponderExcluir
  2. Essa chapa ta perdida. So tem fofoqueiros, cri cri, gente que gosta de fixico e vive de fazer palhaçada. Essa chapa da Marcela vai perder feio pra o atual presidente, Valdielsom! So quero ver ela louca correndo pra justiça, apelando pra tudo que é artifício porque gente como ela não admite derrota! É melhor ir logo se preparando pra uma taca...

    ResponderExcluir