terça-feira, 16 de julho de 2019

Projeto obriga políticos a usarem SUS durante o mandato

Parentes consanguíneos ou afins em 1º grau também seriam obrigados a usar serviço público de saúde.
Prefeitos podem ser obrigados a usar serviços públicos de saúde no futuro
Apresentado neste ano, o projeto obriga os políticos eleitos para os poderes Executivo e Legislativo federais e seus parentes consanguíneos ou afins em 1º grau a utilizarem o Sistema único de Saúde (SUS) enquanto durar o mandato eletivo. A proposta também proíbe o ressarcimento de gastos hospitalares bem como o auxílio-saúde. 

"Na situação atual, quem perde é a população acarente, visto que os políticos se internam nos melhores hospitais particulares do Brasil para realizarem qualquer tratamento médico. Esse quadro de descaso com a saúde pública somente vai ser alterado quando os agentes públicos eleitos para os poderes Executivo e Legislativo federal foram obrigados a utilizar o serviço público hospitalar em caso de doenças ou enfermidades", disse o deputado. 

Fonte: Imirante

5 comentários:

  1. É excelente essa prática, pois é provando do próprio dessabor da saúde publica que os agentes públicos podem mudar este quadro horrível da questão da saúde.

    ResponderExcluir
  2. só assim o sus melhora

    ResponderExcluir
  3. Isso não tem lógica, se o politico usar o seu dinheiro e não publico, não vejo problema algum.

    ResponderExcluir
  4. É inconstitucional essa medida fere os direitos de escolha das pessoas.

    ResponderExcluir
  5. Tudo pode ser mudado, não sou conhecedor da constituição, mais provavelmente deve ter lá algo escrito que o atendimento à saúde deve ser de qualidade, e é? Boa ideia , pena que não vai adiante!!!

    ResponderExcluir