Compartilhe essa Notícia:


Com o objetivo de incentivar e estimular a amamentação, a Prefeitura de Capinzal do Norte, por meio do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (NASF), realizou palestras em alusão às ações da campanha "Agosto Dourado".

A fisioterapeuta Évelyn Beatriz, em atividade multidisciplinar com a fonoaudióloga Mariane Galeno, ambas profissionais do NASF, falaram um pouco sobre o papel do fisioterapeuta e fonoaudiólogo na amamentação.

As palestrantes elucidaram a importância do aleitamento materno como alimentação exclusiva até os 6 meses de idade da criança, falaram sobre os benefícios da amamentação para a mãe e para o bebê, sobre o posicionamento correto para prevenir dores e complicações posturais, além de explicar como proceder na presença de intercorrências e como ordenhar.

O evento contou ainda com um delicioso café da manhã e sorteio de brindes para as mamães participantes.

Campanha Agosto Dourado

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que o aleitamento materno é a maneira ideal para fornecer às crianças os nutrientes necessários para um desenvolvimento saudável. Além dos benefícios orgânicos, como a transmissão de anticorpos da mãe para o bebê, a amamentação pode evitar problemas fonoaudiológicos, de respiração, audição, deglutição e psicomotoras. Na questão auditiva, as mamadas estimulam o canal do ouvido e, assim, ajudam a evitar as infecções desta região que também é favorecida pela deglutição.

Com a campanha Agosto Dourado que, em 2019, promove a amamentação no Brasil com base no slogan "Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro!", o objetivo é conscientizar pais e familiares sobre seu papel no apoio à prática do aleitamento materno. “Os familiares podem ajudar na amamentação ao criar um ambiente que permita à mãe manter a amamentação como fonte exclusiva de nutrição nos primeiros seis meses de vida e como fonte complementar até os dois anos de idade”, aponta a fonoaudióloga Mariane Galeno.













- Assessoria de Comunicação de Capinzal do Norte
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA