quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Professor é conduzido por suspeita de assediar adolescente em São Raimundo do Doca Bezerra

Atualizada às 10h desta sexta-feira 




O professor Flávio Lima, morador de São Raimundo do Doca Bezerra, foi preso no momento em que dava aulas em uma escola de Barra do Corda,  acusado de assediar um adolescente.  

Segundo informações da Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (19), uma mãe procurou a Polícia Militar de São Raimundo do Doca Bezerra para denunciar o professor; segundo ela relatou para a PM, o mesmo assediou sexualmente seu filho, um adolescente de 14 anos de idade.

O adolescente, de iniciais E.S.C.O., contou para a mãe que o assédio aconteceu na noite de de quarta-feira (18), próximo a quadra de esporte da cidade de São Raimundo do Doca Bezerra. O professor Flávio Lima ofereceu uma carona em sua motocicleta, durante o percurso, o professor propôs que eles namorassem, em troca  lhe ofereceu um bola, porém o adolescente não aceitou; o educador continuou insistindo e chegou a passar a mão nas partes íntimas do menor de idade e também lhe ofereceu dinheiro; o adolescente recusou qualquer investida do homem. Ao chegar em casa, ele relatou o fato a sua mãe, que decidiu procurar a polícia.

A guarnição da PM recebeu a denúncia, realizou diligência e localizou o professor na escola onde trabalha; em seguida ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis onde prestou depoimento para o delegado Dr. Marcondes. O professor Flávio Lima negou as acusações e assegurou que ele é inocente.

Caso sejam comprovadas as acusações, o professor poderá pegar de 1 a 5 anos de reclusão pelo Art. 215-A. Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro.

Lembrando que Flávio não está sendo acusado por estupro, porém, de assédio contra um menor. O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar de São Raimundo do Doca Bezerra.


O caso abalou os moradores de São Raimundo do Doca Bezerra, município onde o professor é bastante conhecido e atua na política. Em 2016, professor Flávio Lima chegou a disputar as eleições para o cargo de vereador pelo PCdoB, mas não obteve êxito. 


25 comentários:

  1. Quando é que algumas mães de Poção de Pedras, tomar coragem e denunciar os pedófilos de la, que é do conhecimento de todos que são, menos o ministério Público, a Secretaria de Educação e o Conselho Tutelar? Os pais precisam reprimir esta protica vergonhosa com ações simples como verificar com que o filho anda falando no zap, ver pq os filhos chegam sempre com presentes ou dinheiro e denunciar. Quem cala consente.

    ResponderExcluir
  2. Quando é que algumas mães de Poção de Pedras, tomar coragem e denunciar os pedófilos de la, que é do conhecimento de todos que são, menos o ministério Público, a Secretaria de Educação e o Conselho Tutelar? Os pais precisam reprimir esta protica vergonhosa com ações simples como verificar com que o filho anda falando no zap, ver pq os filhos chegam sempre com presentes ou dinheiro e denunciar. Quem cala consente.

    ResponderExcluir
  3. Deus tenha misericórdia desse mundo

    ResponderExcluir
  4. Quantos anos a criança tem alguém sabe me dizer ?

    ResponderExcluir
  5. O Conselho tutelar deveria também denunciar o abuso de meninas menores de 15 anos por inúmeros homens. Meninas que estão se prostituindo dia,é noite e os conselheiros não dão a menor importância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denuncie o caso no MP ou ligue no dia 100.

      Excluir
  6. Arrocha peia que fala tudo raipidinho

    ResponderExcluir
  7. O governo agora eh outro cuidado com o que vc apronta senão a coisa pega pro seu lado esse aí com certeza vai ter muita dor de cabeça pra explicar essa denuncia

    ResponderExcluir
  8. Ele é militante do PC do B? Falou tudo.

    ResponderExcluir
  9. Pega um de uma escola do Estado aqui em Esperantinópolis, o cara adora dar 50,00 para os novinhos ficar com ele. O pior e que ele já tem a ficha suja por ajudar passa gente em concurso

    ResponderExcluir
  10. Em São Raimundo há meninas se prostuindo e o Conselho nada faz. Super passivo e omisso. Deveria investigar esses casos também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Conselho não é pra investigar e sim fazer o acompanhamento das denúncia e fazer valer o que estar no estatuto quem investiga e a polícia essa sim tem que investigar

      Excluir
  11. Aqui tem também vários homens até da gestão pública ficando com menores. Cadê o Conselho, a polícia. Por que será que a justiça é tão parcial quando se trata de poderosos?

    ResponderExcluir
  12. Aqui em igarapé grande está acontecendo a mesma coisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será mermo??? Uma grande armação contra uma pessoa boa

      Excluir
    2. Mostra seu rostinho bb

      Excluir
    3. Mostra seu rosto pramim prova pra vc seu embesio uma grande armação por conta de religião essa Pessoa que tá fazendo um inferno disgraça de uma pessoa tão Boa vai amarga no inferno

      Excluir
    4. Inveja perseguição e muita mentira povo da escola tudo covarde perseguindo um professor que só faz um excelente trabalho

      Excluir
  13. Inacreditável! Sei não. Isso está me cheirando a politicagem!Não acredito que uma pessoa dessa tão estudada vai aprontar uma coisa dessa. Tem muita gente ruim nesse mundo,muita inveja. Isso não passa de gente querendo passar ele pra traz por ele ser tão querido em São Raimundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc pensa que as pessoas que fazem essas coisas erradas, vai demonstrar suspeita, vc precisa estudar mais sobre o assunto, a maioria dos casos de pedofilia envolve pessoas acima de qualquer suspeita, um autoridade ou um parente por exemplo!

      Excluir
  14. Conheço o Flávio, uma pessoa que tem uma linda família e com uma grande capacidade intelectual, sempre trabalhou e teve sua opinião formada. Em minha opinião, isso incomoda muitos políticos mal intenconados e como o próximo ano é ano eleitoral, tudo isso está me cheirando armação política.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso é uma questão policial, nada a ver com política, tanto que a mãe do menor é eleitora da oposição, vota nos candidatos da oposição, alias, parece que a família toda do adolescente votaram no flávio lima para vereador, então, a questao e coma política e não política.

      Excluir
  15. Rapaz questão pessoal e pessoal nada haver com política lado a ou b situação ou oposição existe gente de ambos os lados com segredos piores que esses aí e mas tem pessoas de ambos os lado que fazem coisas piores que isso não e política e queda cair e do homem mais o levantar e de Deus .. quem nunca errou que atira a primeira pedra e quem tem telhado de vidro não atira pedra no teto dos outros .

    ResponderExcluir