sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Secretário de Administração de Lago da Pedra afirma que o município não mais reconhece a legitimidade da CPI do Carnaval



Euclides Sales afirma em nota que o prazo para finalização dos trabalhos da CPI já se encontra expirado e a Prefeitura de Lago da Pedra já está tomando as medidas legais para que isto seja decretado pelo judiciário e publicizado para a população

Ontem, dia 12, foi divulgado no site Portal dos Lagos (Veja aqui), a matéria “Secretários não comparecem à CPI (do Carnaval de Lago da Pedra) e não são encontrados pela justiça para condução coercitiva.”

A postagem afirma que foram convocados para uma reunião, os Secretários Municipais, Mateus Fialho (Cultura) e Euclides Sales (Administração), para comparecerem a uma reunião da CPI, às 15h00. Os secretários não compareceram e a comissão da CPI impetrou uma ação junto à justiça, para que os mesmo fossem conduzidos coercitivamente à Câmara a fim de prestarem seus depoimentos.
"CPI do Carnaval já perdeu os prazos", afirma o secretário 

“A justiça emitiu o oficio de condução coercitiva, no entanto a oficial de justiça juntamente com a Polícia Civil não encontrou os secretários para poderem cumprir com o mandado”, afirma o Portal do Lago.

O secretário de Administração, Euclides Sales, citado na matéria, preparou um direito de resposta contradizendo essas informações. No entanto, o secretário não conseguiu entrar em contato com o editor do Portal dos Lagos e enviou uma cópia do direito de resposta para o blog do Carlinhos, autorizando a postagem. 

Euclides Sales rebate textualmente cada uma das afirmações da matéria e apresenta a decisão da justiça como prova. Segundo o secretário, o presidente da CPI “distorceu a decisão judicial, que na verdade, negou (indeferiu) o pedido do presidente da CPI para conduzir coercitivamente os secretários, mas o vereador passou a informação distorcida, que o oficial foi atrás dos secretários para conduzi-los coercitivamente, quando na verdade o oficial de justiça foi atrás deles para dar ciência da decisão favorável da justiça, isso é de praxe nas decisões judiciais”, informou.

No direito de resposta, Euclides Sales fez duras críticas ao presidente da CPI  e ao próprio trabalho da comissão.

O secretário de Administração afirma que o prazo para finalização dos trabalhos da CPI já se encontra expirado e a Prefeitura de Lago da Pedra já está tomando as medidas legais para que isto seja decretado pelo judiciário e publicizado para a população. Em decorrência, o município não mais reconhece a legitimidade da CPI do Carnaval.

Leia a nota em sua íntegra





DIREITO DE RESPOSTA


Euclides Sales de Sousa Sobrinho, na qualidade de Secretário Municipal de Administração e Serviços Públicos e de citado na matéria vinculada por este site, baseado no direito que me assiste o art. 5º, V e X, da Constituição Federal de 1988 e art. 2º e seguintes da Lei n. 13.188/2015, venho, por meio deste, pleitear o DIREITO DE RESPOSTA à matéria publicada por este site no dia 12/09/2019 cujo título foi “Secretários não comparecem à CPI e não são encontrados pela justiça para condução coercitiva”.

1.                  Inicialmente, a referida CPI do Carnaval foi instaurada no dia 08/03/2019 e a Comissão responsável pela condução dos trabalhos foi nomeada no dia 11/03/2019, onde foi nomeado Presidente o Vereador Julyfran Catingueiro, Secretário o Vereador Cícero Amaro e os Membros Vereadores Cival Rocha e Moises do Lago Preto, democraticamente, conforme Regimento Interno da Câmara e Legislação vigente;

2.                  Contudo, o Presidente da Comissão processante ao invés de conduzi-la conforme Regimento Interno da Câmara passou a executar arbitrariedades e ilegalidades dentro da CPI, pois começou a tomar decisões de ofício, sem consultar e ter o aval dos demais membros da Comissão, como se poderes tivesse para isto, deturpando e maculando todo o procedimento;

3.                  Ademais, sem adentrar em outros méritos de ilegalidades e arbitrariedades perpetuadas pelo Vereador Julyfran e avalizadas pelo Presidente da Câmara, Vereador Ananias, o prazo para finalização dos trabalhos da CPI já se encontra expirado;

4.                  Em virtude disto, o Município não mais reconhece a legitimidade da CPI do Carnaval e já está tomando as medidas legais para que isto seja decretado pelo judiciário e publicizado para a população lagopedrense;

5.                  Ademais, o Vereador Julyfran Catingueiro foi até o Poder Judiciário pleitear o que lhe achava de direito e, através do processo n. 0802369-94.2019.8.10.0039, que tramita na 1ª Vara de Lago da Pedra, o Juiz deu uma Decisão (anexa) que indeferiu o pleito do Vereador, não autorizando minha condução coercitiva nem a do Sr. Mateus Fialho, por não ter sustentação jurídica alguma;

6.                  Esclareço, por fim que no dia 12/09/2019 passei o período da tarde resolvendo assuntos pessoais na cidade de Bacabal/MA. Portanto, não pude ser intimado pessoalmente da Decisão que INDEFERIU o pedido de condução coercitiva, exarada pelo Juízo da 1ª Vara da Comarca de Lago da Pedra/MA;

7.                  Sem mais para o momento.

Atenciosamente,


Euclides Sales de Sousa Sobrinho
Secretário Municipal de Administração e Serviços Públicos
__________________________

Mais 

O pedido da CPI para conduzir os secretários coercitivamente ( a força pela policia) foi negado (indeferido) pela Justiça. Veja. 


27 comentários:

  1. Realmente julifram é um sem noção. E olha que ele é mais sujo que pau de galinheiro. E judicialmente o dele ta guardado

    ResponderExcluir
  2. Acho engraçado essa comissão parlamentar de inquérito ter como presidente um exemplo de pessoa como julifran. Kkkkkkkkkk mais sujo que pau de galinheiro

    ResponderExcluir
  3. Essa turma da ex prefeita ta mais perdida do que nunca. Perderam a noção, os caras não respeitam leis, não respeitam pessoas, não respeitam seres humanos, essa turma da ex prefeita realmente estão sem norte.

    ResponderExcluir
  4. Tudo que ta acontecendo nessa cpi comandada por esse vereador queimado e enrrolado, tem determinação da ex prefeita porque ela é perseguidora e quer prejudicar o pre feito. Tudo porque ele não aceitou ela mandar na prefeitura

    ResponderExcluir
  5. Julifran, até o cabeleteiro dele o cara enrrola. 12 reais ele enrrola. Eita exemplo de pessoa e de vereador

    ResponderExcluir
  6. Como acontece sempre no Brasil,o caso terminou em pizza e o dinheiro não apareceu

    ResponderExcluir
  7. Julifran viu tanto que fez merda que até apagou postagens

    ResponderExcluir
  8. Lamentável a atitude do presidente da Câmara, Ananias, que está conduzindo a CPI de forma totalmente PARCIAL. Pra piorar, ainda empresta a assessoria jurídica da câmara pro vereador Julifran entrar na justiça. Mas Deus é maior e eles foram desmoralizados. Que vergonha presidente.

    ResponderExcluir
  9. Gente na verdade essa cpi é apenas uma manobra política de maura jorge querendo se vingar do laercio porque ele não se rendeu às chantagens dela. Maura tentou de todas as formas usar laercio, queria mandar na prefeitura, queria mandar na folha de pagamento, pasmem, queria até os impostos do município! Essa cpi não tem nada que desabone a conduta do prefeito, porem quando se trata de perseguição, é assim. Quem conhece a família jorge sabe o que é ser perseguido. Basta não conpactuar de algo que eles determine. Vergonha.

    ResponderExcluir
  10. Presidente da Câmara Ananias Bezerra, é outro louco, alem de usar a acessória jurídica da Câmara pra uma cpi toda irregular, ele ainda deixa julifram fazer essas mazelas. Realmente não sabemos qual mais louco, se um ou o outro. So sabemos que estão perdidos

    ResponderExcluir
  11. Ele tá procurando sarna pra se coçar, pois tem tanto problema que deveria ficar é calado. Se todos que fomos enganados fôssemos denunciar ele já tava era preso.

    ResponderExcluir
  12. Ontem eu vi a oficial de justiça lá na câmara com três policiais civis, perguntando onde encontrar o Euclides Sales e o Mateus. Eu pensei que isso não iria da em nada mais pelo jeito o bicho vai pegar, nunca pensei que o vereador Julyfran fosse fazer render uma estória dessa que pode até afastar o prefeito Laercio Arruda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois se enganou. Não deu mesmo em nada e aqueles policiais eram apenas acompanhando a oficial pra comunicar Mateus e Euclides que o juiz negou o que julifran pediu. Assim como foi na camara comunicar o mesmo

      Excluir
    2. Kikikikikikikiki, rindo até doer a barriga,se lascaram cambada da maudajorge kikikikiki

      Excluir
  13. Vereador Julyfran Catingueiro e referência na política Maranhense; tem despertado um grandioso trabalho de fiscalização ao combate à corrupção! Parabéns meu vereador e se Senhor se candidatar a qualquer cargo eu e minha família estaremos com o senhor !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai só não foi o próprio Julifram que postou esse comentário porque é alfabetizado kikikiki
      Mas foi um da família e bem próximo.

      Excluir
  14. Eu fico rindo quando a turma do BAGACEIRA apela em dizer que o vereador tá devendo 12 reais de um corte de cabelo, isso por sinal me alegra mais ainda só em saber que ele não tem dienheiro bancado aos cofres públicos igualmente os outros vereadores, sendo que não se vendeu igual outros vereadores que ai estão no poder ganhando 6 mil por fora que o Laercio Arruda paga ! Parabéns vereador moral. Você é primeira rapaz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Motivo de muita risada kikiki
      Esse ai não passa de um trambiques.

      Excluir
  15. Desespero toma conta dos verradores da oposição. Cpi foi desmascarada e vereadores são envergonhados. Que feio

    ResponderExcluir
  16. Não adianta chorar porque o prefeito Laércio Arruda vai ser Reeleito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disso eu não tenho dúvida e ainda com uma grande maioria.

      Excluir
  17. Vereador que enrrola um pobre cabeleteiro é um exemplo de vergonha na cara kkkkkk sem contar outras mazelas na cidade e zona rural. Julifran é um desonesto e sem carater. Vergonha da família

    ResponderExcluir
  18. Julifran o teu ta guardado. Deixando bem cparo, Judicialmente falando. Tu quer guerra não é? Pois aguarde que a justiça vai te procurar na hora oportuna.

    ResponderExcluir
  19. Essa pessoa que falou que viu três policiais Civil perguntando pelo o Eucrides tá mentindo que a cidade só conta Dois policiais Civil no Geral ou seja têm vez que um de plantão tem vez que os Dois agora vocês do lado A B ou C tem que olha para o lado da segurança que a cidade tá precisando de mais policiais militares nas Ruas porque o efetivo da polícia militar na cidade de Lago da Pedra e pouco para o tamanho da população já a polícia Civil precisa urgente de investigadores da Civil na cidade de Lago da Pedra a Delegacia de Lago da Pedra nos finais fica fechada

    ResponderExcluir
  20. Eu em nem um momento me escondi, apenas sai com minha esposa e considentimente não me encontraram em casa. Eu iria sim se fosse convocado por uma comissão, e não apenas pelo presidente, consultei os outros membros da cpi se eles foram pelo menos informados dessa convocação e eles se quer sabiam, cpi é uma comissão de 4 membros, portanto so uma pessoa de forma monocrática não tem poderes legais pra intimar ou convocar nem uma pessoa! Mais se fosse uma convocação legal, eu iria tranquilo, porque não tenho nada a esconder. Ass: Mateus guitar.

    ResponderExcluir
  21. O Matheus vai preso que eu subi

    ResponderExcluir
  22. O Mateus o Euclides o julifram e o ananias. Tudo preso e condenado pronto kkkkkkkkkkk esse lago da pedra tudo vira um fuxico e fofoca. Deixem de ser besta que nem os assasinos estão sendo presos imagine secretários vereadores e políticos. Ai são todos farinha do mesmo saco bando de besta. Vcs ficam se matando nas redes sociais e eles comendo l dinheiro de vocês.

    ResponderExcluir