quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Servidores dos Correios aprovam greve por tempo indeterminado no Maranhão

Reajuste salarial e melhores condições de trabalho são pontos cobrados pela categoria. Correios disseram que as correspondências vão continuar chegando nas residências enquanto isso.

Servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve após assembleia geral — Foto: Divulgação / Sintect-MA
Os servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve por tempo indeterminado desde a 0h desta quarta-feira (11). A assembleia geral foi realizada na noite dessa terça-feira (10), na sede administrativa do sindicato da categoria (SINTECT-MA), no bairro Radional, em São Luís. O movimento dos trabalhadores é nacional.

O reajuste salarial de 0,8% é um dos principais pontos reclamados pela categoria. No entanto, os trabalhadores querem também a reconsideração quanto a retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios já conquistados que foram comprometidos, segundo o sindicato.

Como parte do movimento grevista, o sindicato anunciou um seminário das 8h30 as 16h desta quarta-feira na sede do Sindicato dos Bancários, na Rua do Sol, no Centro de São Luís. O assunto em destaque será sobre a possibilidade de privatização da empresa.

Em nota, os Correios disseram que "estarão implementando o plano de continuidade, visando garantir a entrega das encomendas em domicílio, não havendo necessidade dos clientes se deslocarem às unidades para recebimento de encomendas".

Fonte - G1 Maranhão

12 comentários:

  1. Vai fazer alguma diferença? Nenhuma correspondência chega a tempo quando não estão em greve, então...

    ResponderExcluir
  2. Simples de resolver o problema.
    Faz um arminha,👉👉👉 pá, pá, pá 👉👉👉👌👌👌👌👌
    Deu mal ein?? Kkkkkkkkkkkk
    Mito,mito, mito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um mortadela foi detectado ☝️

      Excluir
    2. Seu mortadela, a crise dos correios já se arrasta a anos, a única empresa sem concorrente no Brasil q foi a falência!
      E sobre a arminha, é Bolsonaro 2022

      Excluir
  3. Bota todo mundo pra rua,e contrata outros, tá cheio de gente desempregado querendo trabalhar!

    ResponderExcluir
  4. O nosso presidente Paulo Guedes prometeu é cumpriu.Vender os Correios e deixar os concursados na mão.

    ResponderExcluir
  5. Privatiza logo essa merda q quero ver esse cu de chita fazer greve

    ResponderExcluir
  6. Privatiza isso ai e faz concurso, bota sangue novo que realmente queira trabalhar, quanto a greve pode passar 1 ano que ninguém percebe!

    ResponderExcluir
  7. "Correios disseram que as correspondências vão continuar chegando nas residências enquanto isso" kkkkkkkkkkkkkkkk tá de brincadeira...

    ResponderExcluir
  8. A primeira coisa boa que Bolsonaro vai fazer através do presidente Paulo Guedes e a privatização dos correios com isso esses malas vão ter de trabalhar de verdade ou então vão pra rua, lá eles vão quando querem atendem quando querem e se encontrarem algo de legal nas encomendas fazem de conta que perdeu e joga no sistema que foi extraviado, já perdi dois celulares ano passado e esse ano estou aguardando até hoje a resolução de um problema, um tênis que sumiu na agência da Bahia e a empresa simplesmente diz que o objeto não foi localizado na remessa postal, sei que tem gente honesta lá dentro mas tem também um bando de malas que só serve pra mamar o salário que já e bom e ainda querem exigir mais sem fazer nada !

    ResponderExcluir
  9. Tem malandra dos Correios com vários cargos professores 40 horas mais 40 hora nos Correios tem coisas erradas

    ResponderExcluir