segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Pedreiras - Vítima de violência doméstica muda versão e afirma que marido é inocente

Imagem da internet
Um caso de violência doméstica foi registrado na última sexta-feira (04), no campo da Boiada, em Pedreiras. Segundo informações da permanência da Polícia Militar, um homem estava ameaçando sua companheira e tentando agredi-la com uma machadinha. O indivíduo foi conduzido para a Delegacia para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Porém, chegando na delegacia a mulher voltou atrás nas alegações e mudou sua versão da história, dizendo que seu marido não havia tentado agredi-la. Ela afirmou que estava nervosa e se confundiu com os fatos. O delegado plantonista Péricles ficou encarregado de ouvir a mulher para esclarecer o ocorrido.

Outros casos ocorridos no final de semana

*Ainda na sexta-feira (04), mais um caso de violência doméstica foi registrado, desta vez na cidade de Trizidela do Vale. Segundo informações, um homem discutiu com a ex-companheira e quebrou vários objetos da casa. A Polícia Militar foi acionada, mas ao chegar no local o suspeito já havia se evadido. Ele retornou momentos depois e teria ateado fogo em um dos cômodos da residência. Mais uma vez a Polícia, juntamente do corpo de bombeiros, foi até o local, porém o elemento não foi localizado.

*No domingo (06), Mizael Ferreira dos Santos foi conduzido para a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras, acusado de ter agredido sua esposa com um soco no olho esquerdo. Na delegacia ele chegou a afirmar que não se lembra do ocorrido em virtude de ter ingerido bebida alcoólica. O caso aconteceu por volta das 21h10m, na residência do casal localizada na Rua Lino Feitosa, em Pedreiras. A vítima foi até a Delegacia prestar depoimento.






5 comentários:

  1. Rapaz aqui em Poção de Pedras é toda semana, a mulher falta é morrer de taca no dia seguinte procura o fórum pra retirar a queixa, tem uma professora que vive de lombo inchado aí vai pro fórum com a cara mais limpa do mundo desfazer a confusão, no dia seguinte: taca de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A justiça devia prender ela por falsa acusação. JÁ que acusou e depois disse que ele era inocente.

      Excluir
  2. Meu avô falou k quando ele era novo,foi visitar o compadre dele,isso já era umas 10 horas da noite,ela ficava caçando conversa com o marido,sem o marido falar nada com ela,meu avô perguntou,compadre o k sua mulher tem,ele disse,isso aí compadre é por k ela acostumou dormir só depois k apanha,ou seja tem mulher k gosta de apanhar

    ResponderExcluir
  3. Mais não adianta, na Lei Maria da Penha, mesmo que a mulher queira mudar de Ideia não salvará o camarada. Esta lei serve para proteger a mulher em caso dela for coagida pelo homem a tirar a queixa. Quem cai na Lei Maria da Penha não tem volta.

    ResponderExcluir
  4. vagabunda dessa ,mereçe é uma taca de dar em dez jumentos

    ResponderExcluir