Compartilhe essa Notícia:


A Prefeitura de Paulo Ramos anunciou nesta sexta-feira (22), no Diário Oficial, que não vai homologar e decidiu anular o último concurso do Município que visava preencher 177 vagas, distribuídos entre cargos nível fundamental, médio e superior. O maior salário oferecido era de R$ 5.000,00 para o cargo de Médico do Município.

As provas foram aplicadas pelo Instituto Legatus, de Teresina (PI), e realizadas no dia 13 de outubro. Porém, antes mesmo do resultado final ter sido divulgado, o prefeito Deusimar Serra Silva assinou um decreto no qual extingue a homologação do certame.

Segundo informações de leitores do blog, há indícios de vazamento de gabarito, inclusive alguns funcionários da prefeitura teriam tido acesso ao gabarito antes da realização da prova. Vários comentários circulam pelo município de Paulo Ramos, e os moradores levantam questionamentos como, “que motivo teria levado o prefeito a escolher uma banca organizadora de outro estado?” ou também “por que o prefeito não divulgou os nomes dos aprovados no concurso?”

A notícia da anulação do tão esperado concurso deixou os moradores de Paulo Ramos em alvoroço!

Decreto de Lei anunciando a anulação do certame

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. esse prefeitim de paulo ramos é mais ladrão q o lula

    ResponderExcluir
  2. Esta anulacão teve unicamente como propósito manchar a lisura do certame, uma vez que o seu nesfasto Prefeito pretendia colocar seu protegidos politicos na lista dosaprovados e como a empresa nao aceitou tal desrespeito aos bons princípios que regem a lei, resolveu anular como em governo mimado que nao aceita ser contrariado.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA