Compartilhe essa Notícia:

Para as vítimas, os cibercriminosos dizem que moram fora do país e que pretendem mandar presentes à elas. Segundo o Delegado Dr. Périkles, uma das mulheres que caiu no golpe chegou a vender a casa para depositar dinheiro ao estelionatário

Nos últimos dias, várias mulheres compareceram na 14ª Delegacia Regional de Pedreiras afirmando terem sido vítimas de golpes na internet. Os crimes virtuais normalmente acontecem por meio de aplicativos de relacionamentos. Devido a alta incidência de casos em Pedreiras e região, o Delegado Dr. Périkles concedeu recentemente uma entrevista à imprensa local falando sobre os casos.

Geralmente as vítimas são mulheres fragilizadas sentimentalmente. O estelionatário sempre afirma ser muito rico e num determinado momento diz ter enviado um presente, inclusive mostrando fotos do produto. Eles forjam uma encomenda que supostamente foi retido na receita. Esse presente geralmente é de alto valor, mas para liberá-lo, as vítimas precisam pagar quantias de aproximadamente R$ 1000. Depois de receber o depósito, o estelionatário some.


"É necessário que se tenha cuidado com conversas em redes sociais, principalmente se pedirem dinheiro. Tenha certeza de que isso é um golpe. Já conversamos aqui na delegacia com uma vítima que chegou a vender a casa. Ela falou que a residência era avaliada em R$ 15.000 e o suposto presente que ela tinha para receber era de R$ 500.000. Depois de depositar o dinheiro ao criminoso, ela nunca recebeu nada.", disse o delegado Périkles. 

O estelionatário utiliza um perfil fake e normalmente não faz chamadas de vídeos. Caso uma pessoa acredite que é vítima de ação fraudulenta ou tentativa de estelionato, é imprescindível que também registre a ocorrência na delegacia.

- Com informações de Ribinha da FM (Tribuna 101)
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. Tem que ser muito burro kkkkk

    ResponderExcluir
  2. ainda tem pessoas que caem nesse golpe....afff

    ResponderExcluir
  3. Ate agora eu nao vi crime algum


    Se tivesse lavando roupa, lavando louça ou limpando a sua casa, nao teria acontecido nada disso.

    Vamos procurar o que fazer, é muito melhor.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA