Compartilhe essa Notícia:








Juíza Larissa Tupinambá vai presidir a solenidade de casamentos comunitários na UPR de Pedreiras.

Dez recuperandos da Unidade Prisional Regional de Pedreiras vão participar de uma cerimônia de casamento civil gratuito, promovido pelo Poder Judiciário de Pedreiras. A cerimônia faz parte do Projeto "Casamentos Comunitários" e acontece no dia 28 de novembro, às 8h.

A solenidade será realizada na sede do presídio, a pedido da direção da UPR. A juíza da 3ª Vara da comarca de Pedreiras, Larissa Tupinambá Castro, vai se deslocar até o estabelecimento penal para presidir a solenidade e celebrar os matrimônios, individualmente para cada casal.

Os noivos cumprem pena na UPR, sendo três em regime fechado, dois em semiaberto e um em aberto e atenderam às exigências do Código de Processo Civil para participarem da habilitação para o casamento civil.

Representantes da comunidade e autoridades da Secretaria de Segurança Pública, do 2º Ofício do Município de Pedreiras e congregações religiosas colaboraram para proporcionar a estrutura, a segurança e a ornamentação da cerimônia de casamento.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. E POR ISSO QUE QUANDO UM PRESO É SOUTO LOGO ELE VOLTA PRA CADEIA, LA ELES TEM CONFORTO, TEM MORDOMIA SÃO RESPEITADOS, AI QUEM É QUE NÃO QUER SER PRESO?

    ResponderExcluir
  2. é muita macacada mesmo/

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA