Compartilhe essa Notícia:

Dados são do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) no Maranhão.

Um levantamento feito pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) mostra que os maranhenses gostam de colocar o pé no acelerador. Isso porque, segundo os dados de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019, 89.988 infrações foram registradas por estarem relacionadas a motoristas transitando acima da velocidade permitida em todo o Maranhão.

O maior índice de infrações entre as 248 catalogadas pelo Detran-MA, inclusive, é a de transitar em velocidade superior a maxima permitida em ate 20%. Foram 79.387 no total. Seguida de 9.844 registros por transitar em velocidade superior a maxima permitida em mais de 20% ate 50%. Outras 757 infrações foram para quem dirigiu em velocidade superior a maxima permitida em mais de 50%.

Só em São Luís, em 2019, chama atenção o segundo maior número re registros de infrações. Mais de 11 mil delas foram para motoristas que transitaram pela faixa/pista exclusiva do transporte coletivo. Cerca de 5,5 mil infrações por não registrar o veículo em 30 dias, quando for transferência de propriedade, também figura entre os dez principais registros na capital.

No total, o Maranhão registrou 214.746 infrações no ano passado. Destaques, também, para estacionar em local/horario proibido especificamente pela sinalizacao (8.475), motorista sem cinto de segurança (8.101) e avancar o sinal vermelho do semaforo (3.749).

De acordo com o Código de Trânsito, a penalidade por excesso de velocidade possuem 3 valores diferentes, de acordo com o limite de velocidade excedida. As multas podem ser de R$ 130,16, R$ 195,23 e R$ 880,41. Além disso, existe a chance de ter a CNH suspensa.

Fonte: G1 MA
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA