Compartilhe essa Notícia:


Imagens do anfiteatro Dom Jacinto - Carnaval de Pedreiras - Arquivo do blog 

O Anfiteatro Dom Jacinto não será mais utilizado como corredor da folia do 'Carnaval de Pedreiras 2020'. Foliões e moradores da cidade foram surpreendidos com a notícia. O local escolhido pela prefeitura para a festa voltou a ser o Largo do Goiabal.

Os moradores não esperavam pela decisão, uma vez que o anfiteatro é um espaço fechado e fornece mais segurança para o público. Sem falar que a população já estava acostumada com a realização do evento momesco no Anfiteatro, um local que acomoda dezenas de milhares de pessoas e oferece mais segurança por ser murado.  

A Prefeitura, através da Fundação de Cultura, não emitiu nota de esclarecimento sobre a mudança. O que se comenta 'à boca pequena' que a decisão se deve por questões econômicas, uma vez que a Prefeitura de Pedreiras supostamente achou por bem não pagar as taxas exigidas. Nos grupos chegaram a especular que o aluguel do espaço seria de R$ 15.000 por dia para a utilização do Anfiteatro!!!

Anfiteatro do Jacinto - Arquivo 


No entanto, tal informação sobre valores não foi confirmada pela Igreja, que é dona do Anfiteatro Dom Jacinto, e nem pela Prefeitura de Pedreiras. O certo é que o Carnaval deste ano será no meio da rua, no modo antigo, no tradicional Largo do Goiabal, onde já ocorreram grandes eventos como o show da Banda Som & Louvor em 2017 e o 'Arraiá do Povo' em 2019. 


Imagem aérea do Largo do Goiabal durante o show da banda Som & Louvor em 2017
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. Eita prefeito inteligente!

    Sim, isso é inteligência. Antes de tudo, é bom ter conhecimento sobre a questão. Não sou de A ou B, mas o fatos falam por si, isto é, quando eles podem falar. Para quem conhece e sabe, o Anfiteatro Dom Jacinto era nada. Quer dizer: era um terreno baldio. Após muito investimento do serviço público para melhoria do espaço em parceria com a Paróquia de São Benedito, o terreno abandonado passou a ter uma infraestrutura e sediar eventos de grande porte, a maior parte dos próprios governo. Agora que o espaço tem nome e renome por possuir uma infraestrutura que possibilite a segurança e o acolhimento de pessoas, a igreja cobra uma "taxinha" para a prefeitura utilizar. Isso sim é parceria. Mais uma vez o serviço público de "rodou". Continuem a investir em "coisas" privadas! Dá certo (ou não).

    ResponderExcluir
  2. igreja querendo ganhar sempre.. não custava nada deixar a um preço menor, mesmo a prefeitura sendo fraca, a igreja como sempre mercantilista..

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA