Compartilhe essa Notícia:


O advogado recebeu o apoio do Senador Roberto Rocha, Governo Federal e o Democratas de Juscelino Filho
 
Em Brasília, Orleans fecha acordo com senador Roberto Rocha para disputar a prefeitura de Joselândia 

A pré-campanha eleitoral no município de Joselândia vai ficar de ‘cabeça para o ar’ depois da grande novidade que veio do Distrito Federal. Na quarta-feira (19), a mais importante liderança política daquele município, Orleans, foi recebido em audiência pelo Senador Roberto Rocha (PSDB). Depois de muito diálogo, o Tucano fechou parceria com o advogado joselandense para as eleições deste ano e de 2022.

Diante do expressivo apoio político, Orleans assume oficialmente a pré-candidatura a prefeito de Joselândia. Além do PSDB, do Governo Federal, o Democratas do deputado federal Juscelino Filho sinaliza que também estará irmanado ao projeto do Dr. Orleans 2020.

Lembrando que o senador Roberto Rocha é o principal aliado do presidente Jair Bolsonaro no Maranhão e vai assumir a Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.

O blog foi informado por fontes não oficiais que no acordo acertado, o município de Joselândia receberá, através de Orleans, várias ações do Governo Federal, entre elas, asfaltamento, recuperação de estradas vicinais, patrulhas mecanizadas, caminharão para agricultura familiar, poços artesianos, pontes, incentivos ao produtor rural como tratores e equipamentos para equipar diversas áreas (saúde, educação, social, etc).

Roberto Rocha e o Governo Federal vão abraçar a Joselândia de Orleans!!!

Orleans ainda não retornou de Brasília, porém, a notícia já se espalhou pelos quatro cantos da cidade e a população já está ansiosa para abraçar o mais novo projeto político para administrar o município no mandato de 2021-2024, encabeçado pelo advogado Dr. Orleans Carvalho.
Mais

Nas eleições de 2018, Dr. Orleans, que concorreu ao cargo de deputado estadual, obteve 2.714 votos; os votos obtidos apenas nas urnas de Joselândia (Orleans - 2.327 votos) superaram os votos somados dos candidatos a deputado estadual apoiados pelo grupo da Situação (Ana do Gás - 1.206 votos) e do grupo de Oposição (Ciro Neto - 1.080 votos).

“Em todas as eleições que Orleans participou ou se envolveu, conquistou mais de 2 mil votos, as vezes mais de 3 mil votos; agora com esses apoios importantes em nível estadual e federal, ele passa a concorrer com plenas condições de se eleger prefeito, ainda mais que o grupo do prefeito Biné está fragmentado em vários candidatos: Laércio do Pedro Alves, Marcelo Queiroz e Derick Menezes; como também a oposição se dividiu em dois pré-candidatos: Aroldo Garimpeiro e Raimundo Zuca. Agora aparece um candidato de centro que tem votos e boa relação com lideranças e eleitores de todos os grupos de Joselândia. Orleans volta de Brasília muito forte e deve assustar os demais pretensos pré-candidatos”, comentou um analista da política local para o blog do Carlinhos.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. Carlinhos, infelizmente esse texto inscrito por Orleans, não condiz em nada com a realidade, pois ele saindo como 3º via, não consegue obter, se quer 300 votos, imagine ser eleito !!!
    Hoje, Orleans tem dificuldades para ser um simples eleitor, pois nenhum dos grupos quer o voto dele, pois a situação e oposição, não tem nenhum receio em falar pelos 4 cantos da cidade, que nem como eleitor ele presta, imagine só como candidato.

    ResponderExcluir
  2. Kkkkk é uma piada nunca saiu de Joselandia.

    ResponderExcluir
  3. E quando Biné oficializar Laércio prefeito e Orleans vice, a oposição vai pirar.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA