Compartilhe essa Notícia:

Jessica Portilho fez vídeo reclamando das aulas do curso de Medicina do Ceuma 


A universidade Ceuma divulgou nota na segunda-feira (2), se defendendo das críticas feitas por uma aluna do curso de Medicina.

No vídeo da aluna Jessica Portilho, que viralizou nas redes sociais, ela aparece reclamando da ausência de aulas teóricas e práticas, além de denunciar a demissão de cerca de 16 professores. “A gente paga um absurdo para receber um diploma só, porque aula e prática a gente não tem”, relata a aluna.

Em nota, o Ceuma desmente a aluna e afirma que “o dimensionamento das aulas teóricas e práticas, bem como a metodologia adotada no curso, estão de acordo com o Projeto Pedagógico aprovado pelo Colegiado do Curso”.

Jéssica Portilho é filha do casal, Elias Portilho, servidor do Banco do Brasil de Poção de Pedras e da professora Luísa Helena. 

Veja abaixo a nota da Universidade Ceuma na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Ao longo desses 30 anos, a UNIVERSIDADE CEUMA – UNICEUMA já formou mais de 1.000 médicos que estão inseridos no mercado de trabalho, consolidando – de forma clara e incontestável – a qualidade do profissional graduado pelo curso de Medicina desta Instituição.

Os docentes, que integram o quadro de nossa instituição, são qualificados e passam por treinamento contínuo para aprimorar seus conhecimentos.

O projeto pedagógico do Curso de Medicina da UNIVERSIDADE CEUMA está em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais estabelecidas pelo Ministério da Educação. O dimensionamento das aulas teóricas e práticas, bem como a metodologia adotada no curso, estão de acordo com o Projeto Pedagógico aprovado pelo Colegiado do Curso e por seu respectivo

Núcleo Docente Estruturante.

Cabe ressaltar que o curso de Medicina da UNIVERSIDADE CEUMA possui a acreditação do SAEME – Sistema de Acreditação de Escolas Médicas, a qual representa um selo de qualidade de padrão internacional, concedido pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Brasileira de Educação Médica.

A UNIVERSIDADE CEUMA está convicta de que atinge seu incessante propósito de formar profissionais éticos e multiplicadores de saberes e de valores para a construção de um mundo melhor.

UNIVERSIDADE CEUMA – UNICEUMA

Mais 

Veja o vídeo 



Poçãopedrense detona curso de Medicina oferecido pelo Ceuma de São Luís




⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

13 Comentários

  1. Só isso? "em nota o Ceuma desmente..." Este trecho da matéria está mal redigido, quero acreditar que não foi por má intenção do autor da postagem. Pensem só, que motivos levariam uma jovem vinda do interior, de boa índole, a criticar uma instituição desse tipo senão a preocupação com sua futura carreira médica. Há estudantes que só só entram numa faculdade de engenharia, direito ou medicina pra agradar os pais, e que não estão nem aí com o compromisso com os estudos nem com a qualidade do ensino. Essa moça sim, vai orgulhar a profissão.

    ResponderExcluir
  2. Ela mão estáentjndo.

    ResponderExcluir
  3. ela deveria ter estudado e passar na publica ou seja na ufma

    ResponderExcluir
  4. Ela que tá certa em reclamar... Paga um absurdo em troca tem todo direito receber serviço de qualidade. Espero que ela não sofra retaliações depois das postagens....

    ResponderExcluir
  5. a verdade é uma só, cada pessoa tem uma capacidade de raciocinio que nao necessariamente bate com o que ela espera de alguem ou alguma instituiçao.
    nota se que ela nao esta é entendendo o que é aplicado, talves ela achava que ja ia entrar em medicina sendo residente e nao é por ai, tem toda uma grade pra ser cumprida.
    resumindo: ela nao esta ainda preparada pra estudar medicina.

    ResponderExcluir
  6. Um médico recém-formado no CEUMA que coloca Dipirona como medicamento de urgência não pode sair de uma faculdade de qualidade. Por tirar o medicamento essencial ao pulmão da minha mãe ela pegou uma Pneumonia nosocomial e foi a óbito. Como posso ter uma boa avaliação do CEUMA?

    ResponderExcluir
  7. Deve ser por isso que a medicina do Maranhão tem a fama que não é boa.Os maranhense prefere e procura a medicina do Piauí.Tá explicado!

    ResponderExcluir
  8. Não adianta faculdade pública é melhor

    ResponderExcluir
  9. Vc está certíssima de revedicar seus direitos

    ResponderExcluir
  10. Certo por isso que tem tanto medicu q vive matando o povo certo e tbm enfermeira q ñ entende nada matando o povo tmb

    ResponderExcluir
  11. Bom mesmo é o curso da Bolívia! Kkkkk. Medicina por amor.

    ResponderExcluir
  12. Fácil!! Estuda, faz vestibular e passa em uma pública...

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA