Compartilhe essa Notícia:




A mulher do apresentador Marcelo Magno, Swellen Barbosa, confirmou hoje (27) que o jornalista teve alta do hospital e está curado do coronavírus. Ele
 estava internado desde o dia 15 de março e chegou a respirar com ajuda de aparelhos por uma semana. 

O apresentador informou que acredita ter contraído a doença no aeroporto internacional de São Paulo onde teria ficado por cinco horas, aguardando conexão. Ele esteve no Rio de Janeiro para apresentar o Jornal Nacional no dia 07 de março.

O contato com o jornalista acabou gerando casos em dois estados, Maranhão e Piauí. Em Lago da Pedra, o primeiro caso suspeito é de uma enfermeira que voltou de viagem recentemente de Teresina. Ela estuda na mesma instituição superior em que Marcelo Magno trabalha como docente.


Relatos de colegas da enfermeira, circulando em grupos de whatsapp, informam que a ela buscou retornar ao trabalho assim que chegou em Lago da Pedra, porém, a equipe de profissionais do Hospital Prof. Serra de Castro não permitiu sua entrada. Ela foi levada para a casa, onde permanece isolada.   

Em Pedreiras, há cinco casos suspeitos. Um dos jovens internados é acadêmico de Direito e, segundo informações, ele chegou a alegar que outros quatro pedreirenses, também estudantes da faculdade, tiveram aula com Marcelo Magno, o que leva a crer que existe a possibilidade de mais pedreirenses estarem com suspeita de coronavírus.

O contato com o jornalista não atingiu apenas alunos da instituição, mas também membros do estúdio da TV Clube, canal no qual ele trabalha como repórter. Ao todo, foram 26 casos suspeitos entre os funcionários, cinco deles deram positivo, nem mesmo o conselheiro do canal, Segisnando Alencar, conseguiu evitar de ser infectado.

Todos os colaboradores da TV Clube estão em quarentena, com previsão de retorno aos estúdios no dia 30 de março.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA