Compartilhe essa Notícia:


O governador do Maranhão, Flavio Dino, filiado ao PCdoB, afirmou que a sigla deve retirar a palavra “comunista” do nome.

Em entrevista no domingo (1º) ao Poder em Foco, do SBT, Dino afirmou que “foice e martelo são do século 19” e que por preconceito ideológico o partido vai realizar a mudança no nome.

“Comunista é comunhão, comum, comunidade. Então, a origem etimológica da palavra remete só a coisas boas: comunhão, partilha, comunidade”, afirmou. No entanto, justificou uma “tática política” e questão de marca. “Mas, infelizmente, isso foi satanizado por certas atitudes ao longo da história, da ditadura militar e outras”, completou.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

6 Comentários

  1. Infelizmente não vai mudar nada pois o que vale na prática e a ideologia

    ResponderExcluir
  2. "O que é um nome? Aquilo que chamamos de rosa, se tivesse outro nome, continuaria com o mesmo perfume" (Willian Shakespeare)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Pode mudar, pode tirar... em nada vai tirar o sumo do suco podre que são esses comunistas nojentos. Infelizmente, nós maranhenses não tivemos tantas opções relevantes para o GOV.do Estado na ultima eleição.

      Excluir
  3. Se o comunismo fosse bom, a Venezuela e Cuca estariam todas ricas e com fartura. Esse gorducho comunista pensa que engana quem?

    ResponderExcluir
  4. PT, PSOL E PC DO B pode botar a bandeira do Brasil e mudar o Nome pra o q seja, vai continuar representando a miséria e desgraça no mundo.

    ResponderExcluir
  5. O que satanizou a palavra foram as "atitudes" dos líderes esquerdistas que mataram mais de cem milhões de pessoas "ao longo da história" com ajuda de militares esquerdistas subordinados. Na matéria está resumido, então, digo de outra forma.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA