Compartilhe essa Notícia:


Uma força-tarefa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Trizidela do Vale fechou nesta sexta-feira (13) um criadouro clandestino de porcos na Travessa Boa Vista. O trabalho foi executado através da SEMMA em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal, Guarda Municipal, Secretaria de Assistência Social e Polícia Militar, que estiveram no local verificando in loco toda a situação após várias notificações.

A SEMMA localizou o criadouro a partir de uma denúncia anônima recebida pela Vigilância Sanitária. Ao tomarem conhecimento do caso, os agentes encontraram os animais no quintal da residência. Todos os suínos foram apreendidos.

De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Raí Brito, a criação infringe o código de postura do município baseado na lei nº 078/2002, que proíbe a criação de animais dentro da área urbana, pois além desse tipo de criação ser considerada ilegal ela prejudica a saúde humana devido ao mal cheiro.

O secretário explicou também que além dos porcos encontrados, a situação em que vive o proprietário denunciado é uma situação de descaso social, onde a partir daí o próprio secretário pediu que a responsável pela pasta da assistência social pudesse acompanhá-lo nessa missão e ver o que poderia ser feito em relação ao denunciado.

Ainda de acordo com o secretário, "de acordo com a lei, os animais que foram apreendidos permanecerão em um local disponibilizado pela prefeitura durante 7 dias para que o proprietário possa recorrer e apresente um local adequado para criação. Caso não compareça, os animais serão abatidos e doados para instituições que prestem serviços sociais dentro do município", informou Raí Brito.

Assecom - Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Trizidela do Vale.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. parabens pra equipe. que seja permanente essa vigilancia

    ResponderExcluir
  2. só tá faltando acabar com chiqueiro do parque rural seu Nelson CONTINUA CRIANDO PORCO LA, É SÓ PASSAR PRA CONFIRMAR.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA