Compartilhe essa Notícia:


Em Trizidela do Vale, várias famílias desabrigadas já começaram a retornar para suas residências. Na última segunda-feira (13), a prefeitura disponibilizou 15 caminhões para ajudar as famílias a recolocar seus móveis nas casas. 

O município vem dando todo apoio às vítimas das enchentes não só na parte logística, mas também no fornecimento de alimentos, cuidados com saúde e recuperação da infraestrutura. Infelizmente, as chuvas deixaram uma paisagem caótica nas ruas da cidade, com buracos nas ruas, perda de bens e lixo a céu aberto. 

Foi iniciado um trabalho coletivo de limpeza nas casas e, além do apoio de uma empresa para recolher o lixo nas ruas, o prefeito Fred Maia colocou em operação duas carregadeiras e três caçambas para auxiliar na limpeza. 

"Estamos juntos com o povo de Trizidela do Vale, não largo ninguém mesmo com todo o risco de coronavírus e das enchentes, estamos aqui para ajudar e seguiremos em frente", disse o prefeito Fred Maia. 

O Cuscuz, região de maior movimento comercial na cidade, também apresentava uma situação muito crítica, porém, todos os buracos foram tampados e o trânsito está normalizado na localidade. 

Sobre o comércio, o gestor afirmou que devido ao desencontro nas orientações dadas pelo Presidente Jair Bolsonaro, que é a favor da abertura, com as do Governador Flávio Dino, que mantém o fechamento do comércio, ele optou por não intervir nas decisões dos comerciantes, afirmando que não é justo impedir eles de abrirem as portas, uma vez que muitos sofreram prejuízos com as enchentes.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA