Compartilhe essa Notícia:


Na manhã de hoje (23), a Secretária Municipal de Saúde de Pedreiras, Karen Cynthia, concedeu entrevista ao Bom Dia Mirante, programa da filiada da Rede Globo no Maranhão. Na entrevista, a secretária detalhou entrevistador Elbio Carvalho sobre o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19) em Pedreiras; também enumerou as medidas que a Prefeitura vem tomando, mesmo com a reabertura do comércio no último dia 13.

Karen Cynthia, em resposta ao apresentador, reconheceu que o município de Pedreiras, como os demais da região, não possui nenhum leito de UTI; caso apareçam pacientes com Covid-19 necessitando de internação em UTI, a Prefeitura de Pedreiras entrará em contato com hospital estadual de Coroatá ou encaminhará os pacientes para hospitais de São Luís.

Elbio Carvalho começou a entrevista indagando a Karen Cynthia, como a população de Pedreiras recebeu a notícia do primeiro caso de coronavírus na cidade. A secretária cumprimentou a todos, em especial ao povo de Pedreiras, em seguida explicou que os moradores de Pedreiras receberam a notícia com surpresa e apreensão, pelo fato do primeiro caso de coronavírus se tratar do Secretário de Segurança Pública, Rodrigo Assaiante.

Leia a entrevista
Entrevista por meio de live (internet) foi reproduzida hoje no Bom Dia Mirante
Karen Cynthia: "Como vivemos num período de cheias do Rio Mearim, o secretário esteve na linha de frente organizando toda a situação dos moradores que tiveram suas casas invadidas pelas águas. Muita gente teve contato com ele, inclusive pessoas de outras secretarias, profissionais e desabrigados. Porém, os profissionais de saúde não encararam com tanta surpresa a notícia do primeiro caso confirmado, já que no Maranhão, devido ao grande número de casos que tem sido notificados, era esperado que mais cedo ou mais tarde apareceria o primeiro caso em nossa cidade", disse.   

Elbio Carvalho - As pessoas estão se conscientizando de que essa é uma doença grave? 

Karen Cynthia: "Quando a quarentena se tornou uma questão de saúde pública nacional, houve uma apreensão muito grande. As pessoas cumpriram o protocolo de distanciamento social, muitas utilizando máscaras. No entanto, na época em que houve esse primeiro decreto no país, não havia nenhum caso confirmado no Maranhão, então, todo esse processo de alerta parecia mais voltado para pessoas que vinham de outros estados."

Karen Cynthia: "Só que aproximadamente 15 dias depois, houve uma flexibilização para abertura do comércio em nossa cidade, até porque Pedreiras, por se tratar de uma cidade pólo, que atrai várias pessoas de outros municípios tanto para realizar compras como para utilizar serviços bancários, tem sido observado aglomerações de pessoas nas ruas, algumas utilizando máscaras e fazendo o distanciamento devido nas filas, porém, outras não. Ou seja, temos uma população dividida, isto é, de um lado muitos entendem a gravidade da situação, outros continuam com hábitos inadequados."

Elbio Carvalho - O decreto municipal que obriga o cidadão a usar máscara está sendo cumprido?

Karen Cynthia: "Observando o cenário estadual, que já é de transmissão comunitária, principalmente na capital, nós resolvemos, junto com o prefeito Antônio França, decretar o uso obrigatório da máscara a partir do último dia 20 de abril. Foi uma medida preventiva e temos observado que 90% das pessoas vem utilizando. Muita gente que tem que circular nas ruas e filas de alguma forma estão tendo essa consciência. Trata-se de uma solução que encontramos de diminuir a transmissibilidade do vírus."

Elbio Carvalho - Sobre internações, o município possui UTI's específicas para pacientes infectados pelo coronavírus?
Elbio Carvalho durante a entrevista com a secretária hoje no Bom Dia Mirante
Karen Cynthia: "Em relação aos leitos de UTI, observamos que as secretarias de saúde da maioria dos municípios não têm sob sua tutela leitos por serem um serviço oneroso. Geralmente os leitos, por mais que alguns municípios apresentem, quase sempre estão em hospitais do Estado. Se houver alguma situação em Pedreiras em que precisemos desses leitos, nossa referência é Coroatá e São Luís. Ou seja, caso algum paciente venha a ter alguma dificuldade respiratória, entraremos junto ao sistema de regulação para conseguir um leito em Coroatá ou na capital." 

No final da entrevista, a secretária de saúde informou que atualmente Pedreiras conta com em um total de 22 casos suspeitos, sendo que 9 estão sendo avaliados por exames, 1 caso positivo (confirmado) e os demais descartados. Ela declarou ainda que nesse momento, a prefeitura vem tomando todas as medidas cabíveis para evitar a proliferação do vírus no município de Pedreiras.



⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Minha gente,um sofrimento tão grande e o deputado Juscelino Filho querendo terminar de matar o povo,pelo amor de Deus,trazer médicos de fora que não sabem nem ler um exame,imagine administrar uma UTI.

    ResponderExcluir
  2. CARLINHOS FAZ UMA MATÉRIA SOBRE O DINHEIRO Q VEIO PARA COMBATER O COVID19, O Q A PREFEITURA FES COM ESSE DINHEIRO ???? PQ ATE O MOMENTO O HOSPITAL CONTINUA DO MESMO JEITO, NADA FOI FEITO POR LA PARA RECEBER ALGUM DOENTE DE COVID19.

    ResponderExcluir
  3. Deveria era ter vergonha de ir em uma TV a nível estadual e dizer que estão preparados aqui pra alguma coisa, eu teria era vergonha porque no município ao lado muito menor estão todos preparados e aqui todo mundo vê que estão parecendo barata tonta, sem saber o que fazer.

    ResponderExcluir
  4. Com referência aos médicos estrangeiros, os políticos não tão nem aí pra qualidade, eles querem é quantificar para ganharem votos. Eles , políticos, jamais se consultarão com esses médicos!

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA